ACIDENTE: Técnicos confirmam vazamento de gás natural em Blumenau

A SC GÁS, responsável pela distribuição do gás natural em Santa Catarina, informou na tarde desta segunda-feira que foi identificado um pequeno vazamento na rede de distribuição localizada na BR-470, em Blumenau.

O problema foi detectado próximo ao Trevo da Mafisa, nas imediações do Km 50 da rodovia.

A gerência de operações da companhia diminuiu a pressão da rede, sem haver a necessidade de paralisar o fornecimento. Nesta terça-feira, os técnicos vão abrir a vala onde foram implantados os tubos para fazer a manutenção. A causa do vazamento está sendo investigada desde sexta-feira e ainda não foi identificada.

Em nota, a empresa explica que o vazamento não apresenta perigo, porque o gás natural se dissipa rapidamente no ar.

– As vantagens de segurança do gás natural permitiram que em nenhum momento houvesse risco à sociedade. Entre elas, a odorização do produto, sua dispersão por ser mais leve que o ar e a própria rede de distribuição que possui ampla sinalização e permite o isolamento em casos de vazamento – diz a nota.

Durante a semana, os técnicos da SCGÁS farão o conserto da rede. A empresa garante que não haverá prejuízo aos clientes. 

SCGÁS não descarta interromper distribuição de gás após vazamento em Blumenau

03/07/2012.

Pressão da rede foi reduzida para manter fornecimento, mas o local do vazamento é de difícil acesso.

A SCGÁS informou em boletim na tarde desta terça-feira que não está descartada a possibilidade de interromper a distribuição de gás natural aos usuários da região de Blumenau. A constatação foi feita após os trabalhos de escavação nos dutos instalados na BR-470, próximo ao Viaduto da Mafisa em Blumenau. Desde sexta-feira, a empresa investiga vazamentos no local.

A interrupção será feita somente se a concentração de gás impedir o prosseguimento dos trabalhos, que começaram na manhã desta terça. Segundo os técnicos, o local do vazamento é de difícil acesso e o trabalho precisa ser feito manualmente com equipamento de ar, sem o uso de máquinas para escavar.

A SCGÁS garante que o vazamento não gera risco e a equipe, em conjunto com técnicos da Transportadora Brasileira do Gasoduto Bolívia Brasil (TBG), estão monitorando permanentemente a concentração de gás enquanto tentam normalizar o sistema.

Para manter o atendimento aos clientes, a pressão da rede foi reduzida numa escala de 35 para 18 quilogramas força por centímetro cúbico.

Fonte: RBS-SC

BOLETIM 02 – Vazamento de gás na BR 470, em Blumenau.

04/07/2012.

A SCGÁS atualiza as informações quanto ao vazamento de gás na BR 470, em Blumenau:

O vazamento está devidamente controlado e a expectativa é que entre hoje e amanhã a operação da rede volte às condições normais, com a finalização do reparo da tubulação;

Comunicamos que os reparos estão acontecendo com a rede em operação e que o Plano de Trabalho prevê que sejam concluídos sem necessidade de interromper o atendimento aos clientes e consumidores.

SCGÁS – Companhia de Gás de Santa Catarina
Assessoria de Comunicação
(48) 9623-9891 / 3229-1256
[email protected]

Deixe uma resposta

inMarket