Confirmado 1º caso de contágio de dengue SC e outras notícas.

Saúde: comunicado sobre a dengue

A Secretaria de Estado da Saúde comunica que, na última sexta-feira, 12, foi confirmado o primeiro caso de contágio de dengue em território catarinense, em 2013. Uma moradora de Chapecó foi picada pelo mosquito Aedes Aegypti em Santa Catarina.

Até então, Santa Catarina era o único estado do Brasil que não havia apresentado sequer um caso de contaminação autóctone, ou seja, contraída internamente. Todos os pacientes aqui atendidos haviam sido infectados em outras regiões brasileiras. O Estado mantinha esta condição apesar do aspecto geográfico, pois os vizinhos Paraná e Rio Grande do Sul têm essa doença como endemia, o que deixou Santa Catarina em uma posição de fragilidade.

O município de Chapecó registra 759 focos do mosquito transmissor da dengue, número que representa metade dos focos detectados no Estado – realidade esta que preocupa o governo. A região central de Chapecó, que compreende uma área de 70 mil imóveis e abriga cerca de  75% da população, é a área mais preocupante.

O contágio de uma pessoa é sinônimo de alerta para a importância de se combater as larvas do mosquito. As secretarias de Saúde de Chapecó e do Estado estão intensificando os trabalhos de eliminação de recipientes que possam acumular água (dessa forma, é possível diminuir as possibilidades que o mosquito tem de se proliferar) e estruturação de atendimento médico aos possíveis casos de contaminação.

Porém, os agentes de saúde não conseguem ser eficazes sem o engajamento da população. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a população no sentido de eliminar qualquer recipiente que acumule ou possa acumular água – sobretudo as caixas-d’água, que devem estar vedadas; as calhas, que, quando sujas, impedem a passagem da água e fazem com que o líquido se acumule; além de vasos de plantas e pneus. Somente o envolvimento de toda a sociedade catarinense pode eliminar a circulação viral.

Mais informações:
Ana Paula Bandeira Assessora de Comunicação Secretaria de Estado da Saúde 48 – 3221-2149 | 9113-6065

Secretaria de Estado da Saúde

Conferência Estadual de Educação servirá de base para a definição das políticas educacionais   

Equipe da Gerência de Educação de Canoinhas estará presente na Conferência

Nesta segunda-feira, 15, será lançada em Florianópolis, a II Conferência Estadual de Educação (CONAE/SC) que tem como tema central o Plano Nacional de Educação: participação popular, cooperação federativa e regime de colaboração. O encontro, que reúne professores, estudantes, gestores, pais, entidades sindicais, movimentos sociais, conselhos de educação, dentre outros segmentos, será no Auditório Antonieta de Barros, da ALESC, das 14 horas às 16h30.

A CONAE tem o objetivo de encaminhar propostas para as políticas educacionais do País, após a discussão comunitária e democrática nos âmbitos escolar, municipal, estadual e nacional. Durante os próximos meses, o Estado e os municípios estarão mobilizados para a realização de suas Conferências.

Da Gerência Regional de Educação de Canoinhas estarão presentes a gerente Estela Maris Marques e supervisoras. O secretário regional, Ricardo Pereira Martin também participa do encontro.

A coordenadora do Fórum Estadual de Educação e secretária-adjunta da pasta, Elza Moretto, explica que a mobilização social prevista nas diversas etapas vai permitir a discussão em nível local sobre as responsabilidades, compromissos e diretrizes que servirão de referências para definição de políticas educacionais?, afirma.    

Segundo a coordenadora do Fórum, que esteve em Brasília nesta semana, está confirmada a presença do coordenador do Fórum Nacional de Educação, Francisco Chagas, e do Consultor do Ministério da Educação (MEC), Genuíno Bordignon.

Os temas a serem discutidos:

I.       O Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: organização e regulação.

II.      Educação e Diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos.

III.     Educação, Trabalho e Desenvolvimento Sustentável: cultura, ciência, tecnologia, saúde e meio ambiente.

IV.     Qualidade da Educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem.

V.      Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social.

VI.     Valorização dos Profissionais da Educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho.

VII.    Financiamento da Educação: gestão, transparência e controle social dos recursos.

Investimentos na Agricultura e obras na região de Blumenau são destaque no programa Com a Palavra, o Governador

12/04/2013 19:43:36

Ao mesmo tempo em que a BMW chega a Santa Catarina, trazendo uma linha de produção da mais alta tecnologia, Raimundo Colombo ressaltou, no programa Com a Palavra, o Governador, a importância dos investimentos que serão realizados na Agricultura, um setor, onde segundo ele, o uso de equipamentos modernos também tem sido cada vez mais necessário. O governo do Estado em parceria com o Ministério da Agricultura entregou tratores e distribuidores de adubos líquidos a 60 prefeituras da região Oeste, o que vai facilitar a vida do trabalhador do campo e trazer mais qualidade à produção. “A agricultura é um setor que orgulha os catarinenses. Somos um Estado relativamente pequeno em extensão territorial e ainda assim, grande produtor de aves, suínos e leite, por exemplo. Para que as propriedades continuem competitivas é um dever nosso levar tecnologias e máquinas para ampliar a produção”, disse Colombo.

Raimundo Colombo também destacou no programa, os recursos que foram repassados para as áreas da Saúde e Infraestrutura em Blumenau. Os convênios garantem os valores de R$ 400 mil mensais para o custeio e manutenção de serviços de saúde e R$ 5 milhões para o setor de oncologia do Hospital Santo Antônio. Na infraestrutura, será efetuada a conclusão da obra do Complexo Viário do Badenfurt, no acesso Oeste do município, por meio de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de empresas. Ainda segundo o governador, o município e região serão contemplados com obras da Defesa Civil, na prevenção das cheias.

Antes de encerrar, o governador comentou sobre o anúncio oficial de instalação da BMW em Santa Catarina. “Qual cidade ou estado do mundo não gostaria de ter uma montadora de veículos como a BMW? Por aí já dá pra se ter uma noção da transformação que vai ocorrer por aqui”. Para Colombo, é uma nova era na economia do Estado, já que outras empresas devem se instalar ao entorno da BMW, oferecendo produtos e serviços para a fábrica alemã, além de oportunidades de trabalho e renda para milhares de catarinenses.

Acompanhe mais detalhes do programa Com a Palavra, o Governador pelo www.youtube.com/scgoverno, em vídeo e também em áudio.

Mais informações:
Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006 ou (48) 8843-5676 (Francieli Dalpiaz). Outros contatos e informações do Governo também estão disponíveis na página www.sc.gov.br.
As fotos estão disponíveis neste link e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no [email protected] ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013.
Estamos à disposição.

Secretaria de Estado de Comunicação

Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começa nesta segunda


12/04/2013

Começa nesta segunda-feira, 15, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Santa Catarina recebeu do Ministério da Saúde 1,6 milhão de doses. O público-alvo está estimado em 1,5 milhão de pessoas. A meta é imunizar 80% dessas pessoas.

A vacina estará disponível em 1,8 mil postos distribuídos nos 295 municípios catarinenses até o dia 26 de abril. O dia “D” será no sábado, 20, com a mobilização nacional.

A campanha será realizada nesse período porque o pico de proteção da vacinação é justamente no início do Inverno. Eduardo Macário, gerente de Imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), explica que este ano, diferente de 2012, a vacina protegerá contra três tipos de vírus: o Influenza A H1N1, o A H3N2 e o B. “Há dois grupos de pessoas que não podem tomar a vacina. As que são alérgicas a ovos e as que tiveram histórico de reação a vacinas anteriores”, esclarece Macário.

Ana Luísa Curi, médica epidemiologista da DIVE, destaca que na campanha deste ano foram incluídas as mulheres que tiveram filhos no período de até 45 dias antes da data de vacinação (puérperas) e também os portadores de doenças crônicas (veja quadro).

A médica lembra ainda que a vacina estará disponível para todas as mulheres grávidas, e não há necessidade de comprovação da situação gestacional. Basta que a própria mulher afirme o seu estado de gravidez. A vacinação será oferecida também aos povos indígenas, às crianças com idade entre seis meses e dois anos incompletos, pessoas com 60 anos ou mais e população carcerária.

Também fazem parte do público-alvo os trabalhadores que atuam nos serviços públicos e privados em diferentes níveis de complexidade, voltados para a promoção e assistência à saúde. 

 “Estudos internacionais indicam que a vacina contra a influenza reduz em até 45% os casos de internação hospitalar por pneumonia e 75% das mortes”, observa o gerente de imunização da DIVE, Eduardo Macário.

O gerente de imunização lembra que, além da vacina, algumas medidas para prevenir a gripe devem ser tomadas, como lavar as mãos e utilizar álcool gel, cobrir o nariz e a boca ao espirrar. E quando sentir os sintomas da gripe, a pessoa deve sempre procurar o médico, mesmo que tenha sido vacinada.

Categoria de risco clínico

Indicações

Doença respiratória crônica

– Asma em uso de corticóides inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave);
– DPOC;
– Bronquioectasia;
– Fibrose Cística;
– Doenças Intersticiais do pulmão;
– Displasia broncopulmonar;
– Hipertensão arterial Pulmonar;
– Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca crônica

– Doença cardíaca congênita;
– Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;
– Doença cardíaca isquêmica;
– Insuficiência cardíaca.

Doença renal crônica

– Doença renal nos estágios 3, 4 e 5;
– Síndrome nefrótica;
– Paciente em diálise.

Doença hepática crônica

– Atresia biliar;
– Hepatites crônicas;
– Cirrose.

Doença neurológica crônica

– Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;

– Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares;

– Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;

– Deficiência neurológica grave.

Diabetes

– Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.

Imunossupressão

– Imunodeficiência congênita ou adquirida;
– Imunossupressão por doenças ou medicamentos.

Obesos

– Obesidade grau III.

Transplantados

 

– Órgãos sólidos;
– Medula óssea.

Informações adicionais: Ana Paula Bandeira Secretaria de Estado da Saúde E-mail: [email protected] Telefone: (48) 3221-2071 Secretaria de Estado da Saúde

Pacto por Santa Catarina revitaliza mais uma rodovia no Vale do Itajaí

12/04/2013

O governador Raimundo Colombo, acompanhado do secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Vital Cobalchini e do secretário regional de Blumenau, Lúcio César Dib Botelho, entrega na segunda-feira, 15, a ordem de serviço para a revitalização da rodovia SC-110 (antiga SC-416). A solenidade ocorrerá às 16h30min, no Clube de Caça e Tiro Pomerode, localizado na Rua Vidal Ferreira, 1200.

A obra prevê a revitalização do trecho de 15 quilômetros de extensão que liga Pomerode até a entrada da SC-477 em Timbó, com serviços de pavimentação, drenagem e obras complementares. O investimento é de R$ 1,4 milhão. A rodovia é uma ligação alternativa com a região Norte do Estado e com o Estado do Paraná. “É uma importante via para o escoamento da produção de Pomerode, facilitando o acesso ao Porto de São Francisco e também a ligação com a cidade de Jaraguá do Sul”, explicou o secretário regional.

Esta obra faz parte do Pacto por Santa Catarina, um programa de obras e ações do Governo do Estado que prevê investimentos de mais de R$ 6 bilhões em infraestrutura, saúde, segurança e educação. Apenas em infraestrutura são mais de R$ 3 bilhões com financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Banco do Brasil e recursos próprios.

Mais informações

Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006 ou diretamente com o repórter Rafael Vieira, que vai acompanhar o evento. O celular do repórter é (48) 9116-8998. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página: www.sc.gov.br. As fotos também estão disponíveis na página e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no [email protected] ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013. Estamos à disposição.

Secretaria de Estado de Comunicação

Pacto por Santa Catarina vai investir R$ 3,2 milhões na revitalização do trecho entre Timbó e Rodeio

12/04/2013

O governador Raimundo Colombo e o secretário da Infraestrutura, Valdir Cobalchini entregam, na segunda-feira, 15, em Rodeio, a ordem de serviço para o início das obras de revitalização da SC-110, antiga SC-416, entre os municípios de Timbó e Rodeio. Com a extensão de 18,39 quilômetros, o trecho vai receber investimentos de R$ 3,2 milhões, financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio do programa de obras e ações Pacto por Santa Catarina. O evento está marcado para às 15, na Escola de Ensino Fundamental Senador Francisco Benjamin Galotti, em Rodeio.

Raimundo Colombo disse que o Governo quer melhorar a infraestrutura de toda Santa Catarina, oferecendo condições para que as pessoas possam permanecer na sua cidade e região. “Engrandecemos nosso Estado quando valorizamos nosso povo trabalhador.”

A revitalização pretende aumentar a segurança dos usuários da via com melhorias no pavimento, sinalização e acostamento. Também serão construídos sistemas de drenagem, acostamento e obras de arte. “Esta obra de revitalização contribui muito para o desenvolvimento de Rodeio e Timbó, pois são milhares de pessoas que transitam por ela diariamente,” ressalta o secretário regional de Timbó, Rogério Raul Theiss.

No último ano, o Governo do Estado pavimentou e reabilitou 350 quilômetros de rodovias estaduais. A previsão para os próximos dois anos é construir, revitalizar e restaurar cerca de dois mil quilômetros de rodovias.

Saiba mais
Timbó, um dos municípios beneficiado pela revitalização, possui uma população de cerca de 37 mil habitantes. O local é classificado pela Organização das Nações Unidas como a 10º melhor cidade do país para morar. Economicamente ocupa o 14º posto de arrecadação do estado de Santa Catarina. O índice de analfabetismo é de apenas 1,9%, sendo Timbó, em nível estadual, a terceira cidade em qualidade de ensino. A economia de Timbó baseia-se na indústria e no comércio. Nos últimos anos, também tem se destacado o turismo, pelos seus rios de águas limpas e o verde da mata nativa.

Já Rodeio, que também será atendido com a obra, tem uma população de cerca de 10 mil. O município conta com uma expressiva realidade na indústria têxtil: confecção e tecelagem. Na agricultura as principais fontes de renda são banana e arroz irrigado. Outros Cultivos são a piscicultura, reflorestamento de pinus, palmeira real e eucalipto, hortaliças, milho e uva. O turismo do local também merece destaque, os aspectos da imigração Italiana estão fortemente resguardados no Museu dos Usos e Costumes da Gente Trentina. O verde é abundante em vales, montanhas e cascatas de águas cristalinas. O Pico do Montanhão, ponto mais alto da Serra Leoa, com 946 metros, apresenta boas condições para saltos com asa-delta.

Mais informações
Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006 ou diretamente com a repórter Elisabety Borghetti, que vai acompanhar o evento. O celular da repórter é (48) 8843-5460. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página: www.sc.gov.br. As fotos também estão disponíveis na página e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no [email protected] ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013. Estamos à disposição.

Secretaria de Estado de Comunicação

Bombinhas é sede do Encontro Regional Sul da Abrajet/BR

12/04/2013

Considerada a melhor praia do país para prática de mergulho, o município de Bombinhas é o anfitrião I Encontro Regional Sul da Abrajet/BR. O evento conta com a presença dos mais expressivos profissionais da área turismo de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul, além do presidente nacional da Abrajet, Hélcio Estrella,  que conhecerão in loco toda a estrutura que a cidade oferece. O secretario de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Beto Martins, abriu o evento comunicando que o governo do Estado liberou mais R$ 150 mil para a implantação da Casa do Turista. “Bombinhas merece atenção com seus turistas que aumentam a cada ano”, comentou.

A prefeita do município, Ana Paula da Silva, acredita que esta nova fase da cidade será decisiva no setor turístico. “Iremos investir em infra-estrutura, sem perder o foco nas pessoas”, comentou. Turistas do sudoeste do Brasil e de países do Mercosul estão descobrindo as belezas naturais e a qualidade de vida desta cidade abençoada pela natureza exuberante”, destacou o presidente da Abrajet SC, Alberto Gonçalves de Souza. O evento termina neste domingo.

Informações Adicionais
Tatiana Kinoshita Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte
E-mail: [email protected] 

Telefone: (48) 3212-1956
Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esporte

Hospital Joana de Gusmão promove Semana do Livro Infantil

12/04/2013

A 4ª edição da Semana Municipal do Livro Infantil de Florianópolis, que começou nesta sexta-feira, 12, também contemplará os pacientes internados do Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG). 

Além de ter pessoas para contar histórias, os pacientes também poderão assistir a espetáculos teatrais e participar de jogos pedagógicos programados para o decorrer da semana. A contação de histórias ocorrerá nas unidades de internação, das 10h às 15h, e os jogos pedagógicos serão realizados no setor ambulatorial.

“A leitura proporciona momentos lúdicos e minimiza o processo de internação. Esse processo torna o ambiente mais terapêutico, melhorando a qualidade no atendimento e proporcionando uma internação mais humanizada”, explica Cláudia Silva, chefe do Setor de Pedagogia do HIJG.

A Semana Municipal do Livro Infantil foi instituída em 2010, pela Lei 8.125, e é realizada sempre no período que envolve o dia 18 de abril, Dia Nacional do Livro e data do nascimento do escritor Monteiro Lobato, cujos livros infantis são sucesso entre diferentes gerações.

Programação

Além da Semana do Livro Infantil, o setor de pedagogia do hospital programou outras atividades. Na segunda-feira, 15, a Associação Nipocatarinense promoverá uma Oficina de Caleidoscópios na área de sol do hospital.

Integrantes vindos do Japão confeccionarão caleidoscópios com os pacientes. Essa oficina já ocorre em hospitais de vários países e a própria associação fornece todo o material.

Na quarta-feira, dia 17, dia de encerramento da programação, integrantes da peça teatral Os Smurfs percorrerão as unidades de internação levando alegria e descontração aos pequenos pacientes.

Informações adicionais:
Ana Paula Bandeira 
Secretaria de Estado da Saúde 
E-mail: [email protected] 
Telefone: (48) 3221-2071

Secretaria de Estado da Saúde

Udesc abre inscrição para curso de cerâmica

12/04/2013

O Núcleo Pedagógico de Arte e Educação (Nupeart) oferece o curso de “Modelagem e preparação de massas cerâmicas para queimas alternativas”. As aulas serão ministradas pela professora do curso de Artes Visuais Rosana Bortolin, que já expôs suas obras em vários lugares do Brasil e também no exterior. Os alunos aprenderão a função dos materiais cerâmicos, testes de massas, modelagem, cuidados no manuseio e secagem das peças e acabamento.

O curso começa no dia 17 de abril e segue até 3 de julho, com aulas nas quartas-feiras (17 e 24/04; 8, 15 e 22/05; 05,12, 19 e 26/06; 03/07) das 19h às 21h45. Os encontros acontecem na Sala de Cerâmica do Centro de Artes (Ceart). Estão disponíveis dez vagas para técnicos da Udesc e dez para a comunidade. As inscrições podem ser feitas no Departamento de Artes Visuais (DAV).

Materiais Necessários (responsabilidade de cada participante)
-Argila Plástica 1 pacote de aproximadamente 20Kg
-Estecas e Desbastadores
-Fio ne Nylon fino (50cm)
-1 prendedor de roupa resistente
-Esponja
-Garfo
-Faca sem serra
-Colher de sopa
-Colher de café
-Espátula de pintor (de metal)
-Sacolas plásticas
-Panos Velho
-Pote com tampa
-Avental

Sobre a professora
Rosana Bortolin foi a única brasileira selecionada para Mostra “Lilliput Ceramics 173″ na Croácia. Graduou-se em Desenho e Plástica em Passo Fundo, onde também cursou especialização em Cerâmica. Tem mestrado pela Escola de Comunicações e Artes da USP e é doutoranda em escultura pela Universidade do País Basco. É professora da Udesc desde 1996. Entre coletivas e individuais, expôs em várias partes do país e também no exterior.

O Nupeart
Fundado em 2000, o Núcleo Pedagógico de Arte e Educação abriga projetos de extensão e pesquisa. Ao longo de sua trajetória ofereceu oficinas e cursos, organizou eventos de caráter científico e experimental, publicou a Revista do Nupeart e sempre incentiva estudantes e professores de Artes a buscar seu aperfeiçoamento.

Núcleo de Comunicação da Udesc Ceart
E-mail: [email protected]
Telefone: (48) 3321-8350

Universidade do Estado de Santa Catarina

Educação Estadual e Municipal se reúnem na próxima semana para debater sistema de ensino

12/04/2013

O Conselho Estadual de Educação (CEE) de Santa Catarina e a União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME) promovem na próxima terça-feira, dia 16 de abril, a partir das 9h30, na Associação Educacional Luterana Bom Jesus/IELUSC, a II Reunião do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina, com os Conselhos Municipais de Educação.

A reunião representa a continuidade da política do Conselho Estadual de Educação, de manter um diálogo constante com os Conselhos Municipais de Educação e com as Secretarias Municipais de Educação, para a consolidação dos Sistemas Municipais de Ensino.

Para a conselheira e presidente da Comissão de Apoio ao Ensino do CEE, Mariane Beyer Ehrat, esse será um encontro muito importante, pois além da aproximação do Conselho Estadual e Municipais com o objetivo de trabalhar o regime de colaboração entre os sistemas, haverá momentos para troca de experiências, possibilitando ao CEE conhecer melhor a realidade e os desafios dos Conselhos Municipais, fortalecendo o apoio e o aprimoramento em suas ações.

Temas como o regime de colaboração e a estruturação da Conferência Nacional de Educação de 2014 pautarão as atividades dessa reunião. A secretária-adjunta da SED e coordenadora do Fórum Estadual de Educação (FEE), Elza Marina Moretto será uma das palestrantes que abordará o tema: Fórum Estadual de Educação e Fóruns Municipais de Educação: CONAE 2014.

“Queremos aproveitar a oportunidade que estarão reunidos todos os Conselhos Municipais para divulgar o trabalho do FEE que tem como função maior neste momento a realização das Conferências de Educação Municipais e Estaduais, preparando os educadores para a Conferência Nacional que acontece em 2014. Todo esse movimento do FEE vai contribuir para que os Fóruns Municipais de Educação e os Conselhos Municipais criem seus planos municipais de educação,” afirmou Elza.

Confira a programação

9h- Recepção e Credenciamento 9h30- Abertura Oficial com Presidente do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina, Maurício Fernandes Pereira; o diretor do Instituto Superior e Centro Educacional Luterano Bom Jesus/IELUSC, o secretário Municipal de Educação de Joinville, Ilvio Jung; Roque Mattei, prefeito Municipal de Joinville, 
Udo Döhler; o presidente Estadual da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), Rodolfo Joaquim Pinto da Luz; a coordenadora Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME),
Darli de Amorin Zunino e o secretário de Estado da Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps. 10h- Regime de Colaboração e Parceria para oferta de Ensino Fundamental entre Estado e Município – Palestrante: Professor Eduardo Deschamps
10h45- Debate 11h45- Intervalo para Almoço 13h- Fórum Estadual de Educação e Fóruns Municipais de Educação: CONAE 2014- Palestrante: Professora Elza Marina da Silva Moretto 13h30- O dia a dia de um Conselho Municipal de Educação: Experiências
Conselho Municipal de Joinville e Conselho Municipal de Nova Trento 14h- Funções e atribuições do Conselho Municipal de Educação e sua articulação com a Secretaria Municipal de Educação- Palestrante: Professor Genuíno Bordignon, Consultor do MEC – Ministério de Educação e Cultura. 15h30- Debate 16h15- Plano de Ação 2013-2015- UNCME- Professora Darli de Amorim Zunino, Coordenadora da UNCME/SC 16h30- Encerramento
Serviço II Reunião do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina Quando: 16 de abril Local: Instituto Superior e Centro Educacional Luterano Bom Jesus/Ielusc Rua Princesa Isabel, 438 – Centro – Joinville/SC Mais informações: CEE/SC (48) 3224-0104
Secretaria de Estado da Educação

Divulgada lista de classificados no programa de bolsas de pós-graduação da Secretaria de Educação

12/04/2013

A Secretaria de Estado da Educação (SED) está divulgando no site www.sed.sc.gov.br a relação dos candidatos classificados para receberem bolsas de pós-graduação de especialização, mestrado e doutorado. O benefício faz parte do Programa de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (FUMDES). No total serão oferecidas 300 bolsas.

O índice de classificação para o doutorado ficou em 99 candidatos mas, somente 60 receberão bolsa no valor de R$ 2 mil; para o mestrado 300 classificados, sendo que 120 receberão bolsa de R$ 1,3 mil; e a especialização teve 191 classificados e 150 receberão R$ 675. Os valores serão pagos mensalmente.

Para outorga da sua bolsa, os classificados deverão apresentar até 19 de abril os seguintes documentos: comprovação de mérito, atestado de frequência e cronograma de trabalho. A documentação deverá ser apresentada para a SED, Diretoria de Ensino Superior, Rua João Pinto, 111, 6º andar, Centro, Florianópolis, SC, CEP 88010-410. Caso o candidato não comprove esta documentação, a bolsa passa para o próximo excedente da lista.

No dia 30 de abril a Secretaria divulgará o resultado final, com a publicação da listagem dos contemplados com a outorga de bolsas. Todas as informações sobre o assunto estão publicadas na página da SED e constam da Chamada Pública de número 06/SED/2012 de 4 de novembro de 2012, assinada pelo secretário Eduardo Deschamps.

Em  março de 2013, os candidatos entregaram  histórico escolar de ensino médio, comprovante de residência dos últimos dois anos em Santa Catarina e de matrícula como aluno de pós, histórico escolar do curso de graduação, cópia do currículo vitae impressa diretamente pela Plataforma Lattes e cópia da carteira de identidade e, se casado, certidão nascimento ou documento registrado em cartório que comprovasse  união estável.

Também fez parte da documentação cópia de solicitação de bolsa de estudos de pós-graduação do FUMDES/2013, Artigo 171 da Constituição Estadual, preenchido on-line e assinado pelo candidato  e pelo coordenador do programa de pós-graduação, com carimbo de identificação da Instituição de Ensino Superior (IES).

Na mesma data, referente à segunda etapa de inscrição, foram entregues mais documentos, totalizando 14 itens, entre eles autoria de livros e publicação de artigos que  seguiram uma sequência.

O diretor de Ensino Superior da SED, Gilberto Agnolin, explica que para ter direito à bolsa, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em instituição privada com bolsa de estudo integral ou parcial. Deve residir em Santa Catarina há pelo menos dois anos. “Esse é um dos principais critérios”, reforça.

A duração da Bolsa de Estudo/FUMDES/2013, descontando o tempo decorrido entre a data de início do curso e início do recebimento da primeira parcela,  será no máximo de: até 18 parcelas para os cursos de 18 meses, em nível de especialização; até 24 parcelas para os cursos de 24 meses em nível de mestrado; e até 48 parcelas para os cursos de 48 meses em nível de doutorado.

Informações adicionais:
Edinéia Rauta 
Secretaria de Estado da Educação 
E-mail: [email protected] 
Telefone: (48) 3221-6353

Secretaria de Estado da Educação

Governo Estadual e Federal entregam equipamentos a municípios da região de Seara atingidos pela estiagem

12/04/2013

Mais de R$ 10 milhões foram investidos em 114 tratores e 100 distribuidores de adubo líquido com capacidade de 5 mil litros para transporte de água. O equipamento será entregue a 100 municípios atingidos pela estiagem em Santa Catarina. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento de Seara participa, nesta sexta-feira, 12, da primeira etapa das entregas desses equipamentos a 51 municípios catarinenses, beneficiando mais de 129 mil agricultores familiares. A solenidade de entrega, que contará também com a presença de prefeitos e vereadores, será no Parque de Exposições Tancredo Neves (Parque Efapi), em Chapecó. De Seara, a Secretária Regional, Gládis dos Santos, o diretor-geral, Ademar Petry e o gerente de Agricultura, Andrei Tecchio, acompanham a programação.

A ação coordenada pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca visa equipar as prefeituras para que possam, por meio de transporte de água e abertura de cisternas e açudes, usar as máquinas para atender os agricultores e agricultoras familiares. Segundo o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, o equipamento será de grande importância para os municípios.

Esta é a primeira entrega de tratores para municípios atingidos pela estiagem. Na segunda etapa, prevista para ocorrer em maio, em São Miguel do Oeste, serão entregues os demais equipamentos agrícolas para mais 49 municípios. Os 100 municípios serão contemplados com tratores de 75 cavalos de potência e distribuidor de adubo líquido com capacidade de 5 mil litros para transporte de água nos períodos de estiagem. A compra dos equipamentos foi feita com R$ 10 milhões em recursos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e com R$ 1,15 milhão de contrapartida do Governo do Estado. “No total, foram 117 equipamentos adquiridos via leilão presencial”, destaca João Rodrigues.

O secretário da Agricultura e da Pesca explica que os municípios beneficiados foram escolhidos de acordo com a maior incidência de estiagem nos últimos 10 anos. “Os recursos são limitados. Em conjunto com a Secretaria de Relações Institucionais, optamos por atender àqueles locais que apresentaram mais de cinco decretos de Situação de Emergência reconhecidos pelo Governo Federal”, ressalta. “A parceria entre Governo do Estado e Governo Federal é que beneficia os municípios catarinenses. Sem esse trabalho em conjunto não seria possível a aquisição desses equipamentos”.

Os municípios da SDR Seara beneficiados nesta primeira etapa são Ipumirim, Arabutã, Arvoredo, Lindóia do Sul e Paial.

Secretaria de Estado de Des Reg Seara

Udesc Lages comemora 40 anos em abril

12/04/2013

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) de Lages comemora os 40 anos de atividades em abril e as festividades acontecerão entre os dias 25 e 27. Criado em 1973, o Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) da universidade é um dos mais antigos da instituição. O início se deu com a criação do curso de Medicina Veterinária e logo após, no início da década de 80,  com a implantação do curso de Agronomia.

Atualmente, o CAV oferece além dos cursos que deram a origem ao centro os cursos de graduação em Engenharia Ambiental e Engenharia Florestal, totalizando quatro cursos, que a cada vestibular oferecem 40 vagas cada. A pós-graduação do CAV também é destaque. Hoje, a Udesc Lages oferece sete cursos: os mestrados em Ciência Animal, Ciência do Solo, Produção Vegetal e em Engenharia Florestal; e os doutorados em Ciência Animal, Ciência do Solo e em Produção Vegetal.

“O CAV é um centro de ensino, de divulgação, através da extensão e de geração de conhecimento. Nossos programas de pós-graduação, aliados à pesquisa, colocam o centro como referência em diversas áreas de conhecimento. Além das graduações e da pós-graduação ainda contamos com a residência em medicina veterinária. Todos cursos que geram conhecimento, tecnologia e capacitam profissionais de alto nível”, acrescenta o diretor geral da Udesc Lages, Cleimon Eduardo do Amaral Dias.

Programação
Para a comemoração estarão presentes alunos, ex-alunos, professores e técnicos, em atividade e também os que já trabalharam no CAV.

No dia 25 acontecerá, às 17h a aula magna e as homenagens, seguidas de um jantar por adesão. Já em 26 de abril, para as comemorações será criada a associação de ex-alunos, às 10h e o seminário “Os ex-alunos no futuro do CAV”, às 14h. Os eventos internos acontecerão no anfiteatro Caverna, que fica no prédio do curso de Agronomia.

Ainda em 26 de abril o CAV realizará a Noite dos Egressos, no Parque de Exposições Conta Dinheiro, ao lado da universidade e no dia 27, acontecerá uma programação paralela externa.

“Os 40 anos do CAV são motivo de orgulho e comemoração para toda a gente catarinense. O slogan ‘Uma história de excelência. Um futuro de êxitos’ procura traduzir esta trajetória, fruto do trabalho e dedicação de milhares de pessoas, às quais gostaria de prestar as melhores homenagens”, afirma o diretor do CAV.

Confira a programação completa.

Compromisso social
As comemorações dos 40 anos, segundo Dias, é uma oportunidade de mostrar o que a Udesc Lages tem desenvolvido. “Prestamos serviços importantes à sociedade, como o Laboratório de Análise de DNA, que muitos usuários nem sabem que os exames foram feitos no CAV. Outros serviços, como o Hospital de Clínicas Veterinárias, Laboratório de Análise de Solos, Patologia Veterinária, Análise de Sementes, Análise dos Alimentos, e entre outros”, destaca Cleimon.

A Udesc Lages está desenvolvendo 48 projetos de extensão registrados, entre os mais variados temas, que atendem a comunidade em geral. “Os temas e as abrangências são bastante variados atendendo, por exemplo, animais silvestres, educação ambiental e alimentar, sementes de feijão crioulo e até fabricação artesanal de cerveja”, descreve o diretor.

Mais informações
Assessoria imprensa Udesc
(48) 3321-8142

Universidade do Estado de Santa Catarina

Governo garante verba para hospitais de Criciúma

12/04/2013

O vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, se reuniu com o prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, o secretário-adjunto da saúde, Acélio Casagrande e o Secretário regional Luiz Fernando Cardoso, para tratar de assuntos relacionados à saúde do município e estabelecer a data de assinatura da ordem de serviço das obras da terceira etapa do anel viário.

Acompanhado da secretária de saúde, Geovânia de Sá, Búrigo levou Pinho Moreira para visitar as dependências do Hospital Santa Catarina. O prefeito ressaltou a urgência de finalização das obras do hospital. Pinho Moreira se comprometeu a ajudar e afirmou que os problemas da saúde de uma cidade devem ser solucionados em parceria entre o governo federal, governo do Estado e município.

O vice-governador lembrou que como Hospital Regional, o Hospital Santa Catarina não pode viver apenas com recursos do município e garantiu um convênio de três milhões de reais para o término das obras no Santa Catarina. O valor será pago em nove parcelas de 333 mil reais a serem pagos a partir deste mês.  

A assinatura do repasse deve acontecer na próxima semana, quando o Governador, Raimundo Colombo, estará na cidade para assinar ainda um convênio de nove milhões dos 12 milhões já destinados ao Hospital São José.

Na mesma data, o Governador assinará a ordem de serviço para as obras da terceira etapa do anel viário, onde serão investidos 29 milhões.

Informações adicionais
Jeferson Baldo
telefone (48) 8843-3662
e-mail [email protected]

Gabinete do Vice-Governador do Estado de SC

Udesc define equipe executiva do Life, que vai equipar dois laboratórios

12/04/2013

Portaria publicada pela Universidade do Estado de Santa Catarina esta semana definiu os integrantes da equipe executiva do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (Life), que é coordenado pela professora Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva, do Centro de Educação a Distância (Cead).

Em setembro de 2012, a Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) classificou a Udesc no programa de apoio ao Life, que objetiva a criação de núcleos para a formação de educadores e reestruturação de laboratórios.

Segundo Maria Cristina, os primeiros passos da equipe executiva serão equipar os laboratórios de Ciências Humanas, Artes e suas tecnologias, a ser instalado no Museu da Escola Catarinense, em Florianópolis, e de Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias, na Udesc Joinville. De acordo com ela, a Capes já disponibilizou R$ 100 mil para cada unidade.

O projeto da Udesc, com a inclusão desses dois laboratórios, foi submetido ao Edital nº 035/2012 da Capes e obteve a quinta posição entre 70 selecionados, analisados por uma consultoria ad hoc e classificados de acordo com nota aplicada por uma comissão, nomeada com essa finalidade.

Os cursos da Udesc envolvidos com o Life são Artes Visuais, Educação Física, Física, Geografia, História, Matemática, Música, Pedagogia, Pedagogia a Distância, Química e Teatro.

Projetos na Capes
De acordo com a Pró-Reitoria de Ensino (Proen), o Life foi o terceiro projeto da Udesc aprovado pela Capes. Em 2010, a universidade foi contemplada com o programa Produção de Materiais Pedagógicos e Desenvolvimento de Metodologias para a Educação Básica do Estado de Santa Catarina, voltado à formação dos graduandos das licenciaturas e suas relações com a escola.

Por meio dele, a Udesc produziu dois fóruns de avaliação, livros e materiais, palestras e cursos que envolveram estudantes, professores da educação básica e das licenciaturas.

O outro projeto aprovado foi o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), ainda em desenvolvimento. Denominado “Práticas Pedagógicas na Educação Básica: qualificando a formação inicial e continuada”, o projeto tem o objetivo de estabelecer relações mais estreitas entre escolas de educação básica e as licenciaturas.

Leia mais:
1º/10/2012 – Udesc tem projeto classificado na Capes

Assessoria de Comunicação da Udesc Jornalista Valmor Pizzetti E-mail: [email protected] Fone: (48) 3321-8142

Universidade do Estado de Santa Catarina

Estudante da Udesc Joinville vence competição nos EUA

12/04/2013

A estudante da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Joinville, Anne Karolliny Petry, conquistou o 1° lugar em uma competição estadual de robôs, no Alabama (EUA). A aluna de 21 anos, que cursa o 6° semestre de Engenharia Mecânica, participou da disputa após ingressar em um programa de intercâmbio na Universidade Federal de Kentucky, na cidade de Bowling Green. 

Na Competição de Design Estudantil 2013: Dispositivo de Inspeção Remota, organizada pela Sociedade Americana de Engenharia Mecânica, a equipe de Anne, formada por mais três alunos americanos, disputou com outros 27 grupos, de 19 universidades do Estado do Alabama. “Planejamos e construímos um robô movido por controle remoto, com o propósito de determinar o nível de radiação em localizações específicas e inspecionar danificações no ambiente”, explicou Anne.

Para criar o equipamento, os alunos se basearam na tragédia nuclear ocorrida em Fukushima, em março de 2011. O veículo teria a função de proteger o operador humano das altas doses de contaminação radioativa. “Utilizamos um tipo de portão, que abria e fechava para largar os sensores e levantava em quase 45 graus para não atingir possíveis obstáculos no chão. Colocamos duas câmeras nele, uma apontada em direção ao portão, para ter uma visão mais clara ao pegar o sensor, e outra apontada para frente, com o objetivo de guiar o motorista e identificar os obstáculos”, contou a estudante. 

A competição ocorreu em uma área com uma simulação do ambiente em que o robô iria operar. O equipamento teve que completar um percurso com barreiras e ainda executar as tarefas determinadas. “Eu adorei participar de uma competição tão bem conceituada aqui nos EUA. Nos desafiou a pensar no melhor design possível para o robô e como completar as tarefas de maneira mais rápida”, comemorou.

Anne realiza o intercâmbio por meio do Programa Ciência sem Fronteiras, do governo brasileiro. A estudante está em Kentucky há nove meses, e retorna ao Brasil em agosto. Antes, ainda realizará um estágio na área de criação da General Motors, entre os meses de maio e julho. Em virtude do excelente desempenho na competição, a aluna ganhará passagens e hospedagem para voltar aos Estados Unidos em novembro, e competir na etapa nacional da competição de robôs. “Estou curiosa para saber como são os outros designs vencedores das regionais e descobrir o potencial do nosso robô, em meio a outros de grandes universidades dos EUA”, contou a estudante.

Informações adicionais:
Assessoria de Comunicação da Udesc Joinville
Jornalista Isabela Vargas
E-mail: [email protected]
Fone: (47) 4009-7930

Universidade do Estado de Santa Catarina

Novo processo seletivo da Udesc oferece seis vagas de professor substituto

12/04/2013

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) fará até a quinta-feira da próxima semana, 18, inscrições para o Processo Seletivo n° 03/2013, que contratará seis professores substitutos, em caráter temporário, pelo prazo máximo de quatro anos (na falta de um professor efetivo).

As vagas são para quatro centros da universidade: o de Ciências Agroveterinárias (CAV), de Lages, e os de educação superior da Foz do Itajaí (Cesfi), de Balneário Camboriú, da Região Sul (Ceres), de Laguna, e do Oeste (CEO), presente nas cidades de Chapecó, Palmitos e Pinhalzinho.

Para se inscrever, os interessados devem comparecer a esses centros ou enviar os documentos pelo correio. Os endereços e os horários constam no item 3.3 do edital, que está disponível com anexos, ementas e ficha de inscrição no Portal Udesc.

Os candidatos passarão por avaliação de títulos e farão prova escrita de conhecimento, além de outra de didática ou prática experimental, entre 24 e 26 de abril. Mais informações podem ser obtidas nos quatro centros da Udesc envolvidos no processo seletivo.

Universidade do Estado de Santa Catarina

Mais de 500 atletas da região disputam o JAST em Xanxerê

11/04/013

Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 11, no Centro de Convivência do Idoso, a abertura oficial dos 6º Jogos Abertos da Terceira Idade, fase microrregional da SDR Xanxerê. O evento contou com a participação de 11 delegações das cidades da região que disputam os jogos. Todos competem  em sete modalidades: bocha, bolão, canastra, dominó, truco, dança coreográfica e dança de salão.

A atleta Nilse Tombini Brandenberger de Xanxerê conduziu o juramento dos atletas, que animados lotaram o local, onde já estavam sendo realizadas algumas disputas de bocha.  

Na oportunidade diversas autoridades estiveram presentes. O secretário de Desenvolvimento Regional de Xanxerê, Carlos Augustinho Colatto, recepcionou os participantes desejando a todos boas competições.

“Esperamos ver a mesma animação e alegria que os atletas sempre mantêm em todas as competições. E que todos saiam daqui renovados, independentemente dos resultados, já são vitoriosos”, ressaltou o secretário.

Os jogos vão até sexta- feira, 12, e as equipes classificadas vão representar a região na fase estadual prevista para ocorrer na cidade de Itá, entre os dias 14 a 18 de maio deste ano.  

 

Ana Elise Zogheib
Secretaria de Estado de Des Reg Xanxerê
E-mail: [email protected]
Telefone: (49) 3382-2000

Secretaria de Estado de Des Reg Xanxerê

Governo do Estado apresenta ações da nova economia catarinense em palestras

11/04/2013

As propostas do Governo do Estado para a consolidação de uma nova economia em Santa Catarina e os primeiros resultados das ações relacionadas ao desenvolvimento econômico serão apresentados à população de todas as regiões por meio de uma rodada de palestras organizadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC). Segundo o secretário da SDS, Paulo Bornhausen, as palestras aproximarão o Governo da população. “Entendemos que é preciso levar o Governo onde a população está, mostrando as iniciativas governamentais e os seus primeiros resultados”, explica. A rodada de palestras começou nesta quinta-feira (11) pelas cidades de Blumenau, Itajaí e Tijucas.

A palestra introduz o conceito de nova economia, que permeia as ações da SDS. “A nova economia catarinense fortalecerá toda a cadeia produtiva do Estado, desde o catador de lixo, passando pelos Distritos de Inovação, até empresas de grande porte, como é o caso da BMW”, descreve Bornhausen. Para ilustrar o conceito, é tomado como exemplo um aluno do programa Geração TEC de Blumenau, que ao concluir a capacitação empregou numa possível fornecedora para a planta da BMW em Araquari. “Oportunidades surgirão para empreendimentos de todo o Estado quando a cadeia produtiva estiver fortalecida e preparada para atender às demandas que surgirão no futuro”, acredita o secretário.

Para a execução das ações da nova economia catarinense, o Governo do Estado firmou parcerias com vários instituições, como o Sebrae/SC, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e associações do setor de tecnologia. O Sebrae/SC, representado na rodada de palestras pelo seu diretor superintendente, Guilherme Zigelli, é parceiro no Juro Zero (para empreendedores individuais); no Economia Verde (para estímulo a empreendimentos que trabalhem com resíduos sólidos) e Economia Verde e Solidária (para associações e cooperativas de baixa renda); no Polos Industriais (para micro e pequenas empresas de polos setoriais da indústria); Sinapse da Inovação e o Startup SC (para o estímulo à ideias inovadoras); e Desenvolvimento Território (para o estímulo ao desenvolvimento em áreas de baixa densidade empresarial).

A apresentação traz ainda informações sobre o Prodec (Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense), que que estimula investimentos de empreendimentos industriais por meio da postergação de ICMS. Em 2012, a previsão de investimentos dos projetos apresentados para o Prodec foi de mais de R$ 2 bilhões, com a geração aproximada de cinco mil novos empregos.

Mais informações
Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone Secretaria de Desenvolvimento Sustentável (48) 3665-2253 com a assessora Michelle Nunes de Oliveira pelo e-mail [email protected].

Udesc organiza comemoração dos 50 anos da Faed com apoio da Alesc e FCC

11/04/2013

A Assembleia Legislativa (Alesc) e a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) serão parceiras da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) nas comemorações dos 50 anos do Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), no dia 8 de maio.

O vice-reitor da Udesc, Marcus Tomasi, o diretor geral da Faed, Emerson Campos, e o Diretor de Extensão, Cultura e Comunidade da Faed, Fábio Napoleão, foram recebidos esta semana pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Joares Ponticelli.

Os diretores entregaram ao presidente o projeto com a programação das atividades alusivas aos 50 anos. Na oportunidade foi confirmada uma sessão solene na Alesc, no dia 7 de maio, que abrirá oficialmente as comemorações do Jubileu de Ouro da Faed.

O presidente reconheceu o histórico de realizações da Faed e garantiu, além do apoio na realização da sessão solene, a publicação de um livro sobre os 50 anos do Centro com previsão de lançamento para o segundo semestre.

Noite de Homenagens no Teatro Álvaro de Carvalho
Na última semana o vice-reitor da Udesc, Marcus Tomasi, a diretora de Pesquisa e Pós-graduação da Faed, Sílvia Arend e o Diretor de Extensão, Cultura e Comunidade da Faed, Fábio Napoleão estiveram reunidos com o presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Joceli de Souza.

O encontro teve como objetivo apresentar o projeto dos 50 anos ao presidente e viabilizar a realização da Noite de Homenagens do Jubileu de Ouro da Faed no Teatro Álvaro de Carvalho. O local foi confirmado e a cerimônia será realizada no dia 8 de maio, data oficial dos 50 anos da Faed.

“A programação alusiva ao Jubileu de Ouro da Faed contará, além da sessão solene e da noite de homenagens, com uma série de atividades ao longo do ano, incluindo apresentações culturais e artísticas, lançamento de livro, exposição itinerante sobre a história da Faed, eventos acadêmicos e esportivos, lançamento do site e do vídeo dos 50 anos”, assegura o diretor geral, Emerson Campos.

Informações adicionais

Carolina Hommerding Universidade do Estado de Santa Catarina Email: [email protected]  Fone: (48) 3321-8512
Universidade do Estado de Santa Catarina

Obras em Florianópolis devem resolver problemas no trânsito do Norte da Ilha

11/04/2013

Na tarde desta quinta-feira, 11, começou o processo que vai melhorar o trânsito para os moradores e turistas que transitam pelo Norte da Ilha, em Florianópolis.  O governador Raimundo Colombo; o vice-governador, Eduardo Pinho Moreira; e o secretário da Infraestrutura, Valdir Cobalchini, lançaram o edital de licitação para duplicar os 5,2 quilômetros da rodovia SC-403, que vai do trevo com a SC-401 até o bairro de Ingleses. A obra, orçada em R$ 36,3 milhões, vai ajudar a resolver os congestionamentos, mesmo fora da temporada, com a duplicação da pista e a construção e pavimentação de 3,2 quilômetros de vias marginais.

“O turismo só cresce se tiver qualidade. E uma das maiores exigências é a infraestrutura. Mais que o turista, o morador desses bairros não quer de jeito nenhum ter que passar todos os dias uma hora parado no trânsito, no sol, para se deslocar dentro da cidade. É esse problema que queremos resolver”, afirmou o governador. No ato, também foram lançadas as ordens de serviço para revitalizar outras duas rodovias, com a troca do asfalto antigo e melhorias na sinalização e para o tráfego.

As rodovias SC-400, que liga a praia de Jurerê ao Balneário da Daniela e vai custar cerca de R$ 1 milhão, e a SC-406, entre a Praia de Ingleses e o acesso à Praia da Joaquina que vai custar R$ 3 milhões para ser executada, vão passar por reformas. Todas as obras, que foram anunciadas em evento realizado no Centro Administrativo do Governo estadual, fazem parte do programa Pacto por Santa Catarina.

Com um tráfego diário de cerca de 30 mil veículos, os congestionamentos são comuns na SC-403 durante os horários de pico. Congestionamentos que aumentam muito durante o verão, com os milhares de turistas que escolhem o Norte da Ilha para veranear. “Muitas vezes se leva mais tempo para chegar dos Ingleses à SC-401 do que de Canasvieiras ao centro da cidade”, disse o prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Junior, se referindo à redução do tempo de deslocamente gerada pela duplicação da SC-401 até o bairro do Norte da Ilha.

Para solucionar esses problemas, o projeto da duplicação prevê três elevados. Um no acesso ao bairro Vargem Grande, que também vai dar acesso ao Terminal de Integração de Canasvieiras para os ônibus que trafegam pela rodovia. O segundo no acesso ao bairro Vargem do Bom Jesus, que também dá acesso ao kartódromo, local que concentra boa parte dos acidentes que acontecem na rodovia ao obrigar os motoristas a fazer uma conversão sobre a estrada no final da descida do morro que dá acesso ao bairro de Ingleses. O último elevado será apenas em um sentido, para os veículos que vem do bairro Cachoeira do Bom Jesus para a SC-403, eliminando um cruzamento perigoso de veículos no local.

“Estamos eliminando cinco pontos críticos da rodovia com a duplicação”, destaca o secretário da Infraestrutura. Também estão previstas duas passagens subterrâneas, uma em frente à Escola de Educação Básica Luiz Cândido da Luz, eliminando o radar existente hoje no local, e a outra na Vila União. Medidas que buscam reduzir o número de acidentes, em especial entre veículos e pedestres. Outras melhorias previstas na nova SC-403 são 10 paradas de ônibus, uma espera central para retorno, além de ciclofaixa para pedestres e ciclistas em todo o trajeto.

A obra é uma parceria com o Governo Federal.  Do total, R$ 28 milhões serão do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, e o restante de responsabilidade do Estado. A licitação ficará dois meses aberta para propostas. O governo espera lançar a ordem de serviço para execução das obras em junho, já considerando o prazo para recurso do resultado da licitação – 15 dias. O governador garantiu que os recursos já estão disponíveis para, a partir do início das obras, ela estar concluída em 15 meses.

O secretário da Infraestrutura explicou que a obra será dividida em duas etapas. A primeira até o final do ano vai duplicar toda a rodovia para melhorar o tráfego durante a temporada de verão deste ano. O ritmo diminui com a chegada dos turistas e foca em obras que não afetem o tráfego das duas pistas da rodovia, como obras nas marginais. Já a segunda etapa se inicia ao final da alta temporada e prevê a conclusão de todos os trabalhos no primeiro semestre do ano que vem. A ideia é ajudar a circulação de uma temporada fora de época que deve ocorrer durante a Copa do Mundo com a vinda de delegações para Florianópolis.

O coordenador do Pacto, o secretário do Planejamento Murilo Flores, destaca que essas três melhorias anunciadas para o Norte da Ilha se somam a outras iniciativas de infraestrutura que estão em andamento para a Capital, como a conclusão da reforma da Ponte Hercílio Luz e o acesso ao novo terminal do aeroporto de Florianópolis, que será ao mesmo tempo um acesso alternativo ao Sul da Ilha.

Mais informações

Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página: www.sc.gov.br. As fotos também estão disponíveis na página e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no [email protected] ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013. Estamos à disposição.
Secretaria de Estado de Comunicação

Içara vai ganhar novo quartel do Corpo de Bombeiros Militar

11/04/2013

Em audiência realizada na tarde desta quinta-feira, 11, com o vice-prefeito de Içara, Sandro Giassi Serafim, o secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, garantiu a liberação de mais R$ 100 mil para  construção do quartel do Corpo de Bombeiros Militar do município. A obra é uma antiga reivindicação daquela comunidade. O Estado já havia liberado R$ 200 mil e a contrapartida do município ficou em R$ 150 mil. A previsão é que a obra seja concluída até o final deste ano.

Além da construção da sede, o Corpo de Bombeiros Militar de Içara receberá mais duas viaturas – um Auto Socorro de Urgência (ASU) e um Auto Bomba Tanque (ABT) para combate a incêndio. Os equipamentos serão adquiridos com recursos do Pacto pela Segurança. No total serão investidos R$ 30 milhões em melhorias na corporação. Este é o maior aporte de investimento já realizado pelo Governo do Estado nos últimos 30 anos no CBM.

Para o vice-prefeito de Içara, a construção da nova unidade do CBM irá trazer uma série de benefícios, uma delas é a garantia de atendimento nos municípios da região carbonífera, hoje carentes deste tipo de serviço. Em 15 dias o Comandante Geral do CBM, Coronel BM Marcos Oliveira, vai se reunir com o prefeito de Içara para definir detalhes sobre a obra.

No encontro também foram tratados de reforço nos efetivos policiais, instalação do sistema de videomonitoramento  e distribuição de novas viaturas. O secretário garantiu que irá analisar os pedidos, e adiantou que o Estado já iniciou o processo de licitação para a compra de 1,6 mil viaturas e a formação de mais 1,5 mil soldados da Polícia Militar. Sobre câmeras de vigilância está confirmado a ampliação do sistema de cidade.

Além do vice-prefeito participaram do encontro o Comandante da Polícia Militar de Içara, Tenente Coronel Cosme Manique Barreto; representantes da Associação Comercial e Industrial  e CDL de Içara e o deputado Dóia Guglielmi.

Informações adicionais
jornalista João Carlos Mendonça Santos fones (48) 3251.1116/8843.7615 e-mail: [email protected]

Secretaria de Estado da Segurança Pública

Governo do Estado cria comitê para discutir acessibilidade em prédios públicos

11/04/2013

As condições de acessibilidade em prédios públicos estaduais foi o principal tema da reunião do Comitê de Acompanhamento e Controle de Obras Públicas, realizada nesta quarta-feira, 10. Será criado um grupo de trabalho, dentro do Comitê, para normatizar procedimentos para a adequação dos prédios já existentes e em construção, bem como para orientar as futuras obras.

No encontro, presidido pelo Secretário de Estado do Planejamento, Murilo Flores, foram apresentadas as legislações municipal, estadual e federal sobre acessibilidade em prédios públicos e o manual “Promovendo a Acessibilidade Espacial nos Edifícios Públicos”, lançado pelo Ministério Público Estadual em 4 de abril. Esse documento será base para o trabalho do grupo a ser criado com representantes da Secretaria de Estado da Infraestrutura/DEINFRA, Secretaria de Estado da Administração, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Estado da Educação, Secretaria de Estado do Planejamento e do Corpo de Bombeiro Militar.

Foram também anunciadas as datas para a capacitação de servidores estaduais ao módulo de licitações do Sistema de Controle de Obras Públicas (SICOP). O processo de treinamento acontecerá em Florianópolis, na sede Fundação ENA, nos períodos de 06 a 10 de maio; 13 a 17 de maio; 20 a 24 de maio; 03 a 07 de junho e 10 a 15 de junho de 2013.

Ao final, os membros do Comitê assistiram à apresentação sobre o Caderno de Obras Setoriais, ferramenta gerada com base no SICOP e Mapa Vivo de Obras a qual permite o acompanhamento e a sistematização de diferentes informações sobre obras públicas estaduais. Hoje há 768 obras em andamento no Estado com recursos da ordem de R$ 1,8 bilhão.

O Comitê é formado por representantes da Secretaria de Estado do Planejamento, Secretaria de Estado da Infraestrutura por meio do Deinfra, Secretaria de Estado da Administração, Secretaria de Estado da Casa Civil e Secretaria de Estado da Fazenda. A próxima reunião está programada para o dia 24 de abril de 2013.

Rosália Dors Pessato Assessora de Comunicação Secretaria de Estado do Planejamento E-mail: [email protected]  Telefone: (48) 3665-3319

Secretaria de Estado do Planejamento

Decreto muda Lei de assistência financeira as Gestações Multiplas

11/04/2013

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis, através de seu portal de informação, esclarece que a lei n°15.390, que institui o benefício assistencial de caráter financeiro nos casos de gestação múltipla, teve novas regras. Sua alteração ocorreu através de decreto do governador João Raimundo Colombo, no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina, pelo n° de 15.978.

Dentre as mudanças na lei, que já entrou em vigor, está estabelecido que o benefício será devido aos que comprovarem renda de até 75% (setenta e cinco por cento) de salário mínimo por membro da família, enquanto a lei anterior não estipulava nenhum valor salarial. O objetivo da nova lei é fazer com que o benefício chegue aqueles que realmente necessitam.

A mudança está em vigor desde o dia 26 de março, portanto os benefícios requeridos até a data da publicação poderão ser negados pela redação da lei anterior.

Patrícia Antunes 
Secretaria de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis
E-mail: [email protected] 

Telefone: (48) 3665-0051 ou (48) 8843-5681
Secretaria de Estado de Des Reg Grande Florianópolis

Governador assina contrato para levar gás natural à Serra Catarinense

11/04/2013

O governador Raimundo Colombo e o presidente da SCGÁS, Cósme Polêse, assinaram nesta quinta-feira, 11, a contratação dos serviços para execução da terceira fase do Projeto Serra Catarinense de distribuição de gás. As obras de instalação de 38 quilômetros de dutos, estimadas em R$ 48 milhões levarão gás natural de Ibirama a Rio do Sul, passando por Lontras. “É uma obra com impacto muito grande na economia e na competitividade da região. Realmente uma grande conquista. Uma histórica conquista para o desenvolvimento de toda região”, disse Colombo.

Os contratos são para a montagem e aquisição de dutos com o objetivo de ampliar a rede de distribuição de gás natural nos municípios de Ibirama, Lontras e Rio do Sul. Essa obra faz parte da Fase 3 do Projeto que pretende levar gás natural à Serra Catarinense. “Esse é nosso desejo traduzido em ação de interiorizar e democratizar a oferta do gás natural naquela Região. Sabemos que esse produto contribui muito para o desenvolvimento do nosso Estado”, comentou Polêse.

Essa nova fase será dividida em duas frentes de obras que serão conduzidas simultaneamente, com prazo de execução de dois anos. O primeiro lote compreende o trecho de 15,8 quilômetros ligando os municípios de Ibirama e Lontras. Já o segundo trecho da rede vai de Lontras a Rio do Sul em uma extensão de 21,5 quilômetros. Para a execução das obras será utilizada a tubulação industrial em aço de carbono de alta resistência para gasodutos.

O Projeto Serra Catarinense teve sua primeira fase de Indaial a Ascurra já executada e está na sua segunda fase, implantando a rede entre Ascurra e Ibirama. A previsão para conclusão desse trecho é até junho deste ano. A terceira fase, considerada a maior do gênero em execução no Brasil, levará gás natural de Indaial até Lages. Serão construídos ao todo, 230 quilômetros de rede com investimentos de aproximadamente R$ 200 milhões.

“As regiões que estão crescendo são aquelas com competitividade. O custo da energia hoje é um grave problema para a produção brasileira. A região que não tiver gás fica marginalizada”, explicou Raimundo Colombo. 

Informações adicionais:
Rafael Vieira de Araújo  Secretaria de Estado de Comunicação 
E-mail: [email protected] 

Telefone: (48) 3665-3057
Secretaria de Estado de Comunicação

Governador entrega barcos e veículos para Defesa Civil no Vale do Itajaí

11/04/2013

Para auxiliar sete municípios da Região do Vale do Itajaí, na contenção de enchentes, o governador Raimundo Colombo e o secretário da Defesa Civil, Milton Hobus, entregaram nesta quinta-feira, 11, embarcações e veículos às defesas civis municipais e à polícia. “São ferramentas importantes que vão auxiliar as defesas civis de cada município, em caso de inundações”, disse o governador.

Foram entregues sete embarcações de alumínio e mais quatro veículos Fiat Doblò. Ituporanga recebeu dois barcos, um para o órgão do município e outro para a barragem. Rio do Sul ganhou um barco para Polícia Civil e outro para Polícia Militar. Já Lontras foi beneficiado com um barco e um veículo, ambos para a defesa civil municipal. Ibirama, Pouso Redondo e Trombudo Central foram contemplados, cada um, com um veículo. Taió e José Boiteaux tiveram um barco, cada, que vão atender as duas barragens.

As embarcações foram doadas ao Governo do Estado pela Receita Federal e reformados pela Defesa Civil estadual. Os equipamentos deverão ser usados pelos municípios durantes épocas de temporais. “Estamos executando as primeiras obras para contenção, a exemplo do radar, ampliação de barragens e mudança da calha do rio”, comenta Hobus.

“Estamos acelerando as obras para a ampliação da barragem de Ituporanga e de Taió. Já vencemos as etapas burocráticas, ambientais e de projetos.”, explicou Colombo. Ele acredita que em 60 dias poderá iniciar as obras e estima dois anos para conclusão.

Informações adicionais:
Rafael Vieira de Araújo Secretaria de Estado de Comunicação 
E-mail: [email protected]

Telefone: (48) 3665-3045 ou (48) 9116-8992
Secretaria de Estado de Comunicação

Fazenda fiscaliza vendas com cartão de crédito e débito

11/04/2013

A Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) deu início nesta semana à operação Malha Cartão 4 com o objetivo de verificar as vendas do varejo feitas com cartão de crédito e débito sem a emissão de cupom fiscal. Serão fiscalizadas 179 empresas que juntas sonegaram mais de R$ 5 milhões em ICMS aos cofres públicos de Santa Catarina. Pela primeira vez, a operação inclui varejistas que atuam no comércio eletrônico.

As empresas foram selecionadas após o cruzamento de dados obtidos junto às administradoras de cartão de débito e crédito com as informações prestadas mensalmente pelas próprias empresas à Fazenda. O faturamento das 179 empresas exclusivamente com as vendas de mercadorias por meio de cartão de crédito e débito chega a quase R$ 30 milhões. Caso não seja regularizado espontaneamente dentro do prazo estabelecido, o imposto sonegado será acrescido de 100% de multa, mais juros.

Guerra à sonegação – A Secretaria da Fazenda vem intensificando suas ações de fiscalização e recuperou, no primeiro trimestre de 2013, mais de R$ 70 milhões.  O valor deve quase triplicar ao considerar que de R$ 288,6 milhões emitidos em termos de infração fiscal, R$ 184,8 milhões foram convertidos em notificação fiscal.

Assessoria de Comunicação SEF

Aline Cabral Vaz/Cléia Schmitz

[email protected]/[email protected]

www.sef.sc.gov.br

Twitter: @fazenda_sc

Secretaria de Estado da Fazenda

Alerta vermelho: despesa com a folha dos servidores ultrapassa o permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal

11/04/2013

A Secretaria de Estado da Fazenda divulgou, nesta quinta-feira, 11, que as despesas com pessoal do Poder Executivo no mês de março somaram R$ 6,919 bilhões e representaram 47,15% da Receita Corrente Líquida, extrapolando o limite prudencial de 46,55% estabelecido pela Lei de responsabilidade Fiscal (LRF). O cálculo considera um período de 12 meses – nesse caso, de abril de 2012 a março de 2013.

Se continuar acima do limite em abril, que é quando ocorrem as avaliações quadrimestrais da LRF, o Governo ficará legalmente impedido de conceder aumentos de salários, criar cargos ou funções, nomear novos servidores e ou contratar horas extras. “O Governo literalmente foi além do seu limite em termos de valorização do servidor público. No ritmo atual, é praticamente certo que extrapolaremos o percentual em abril. O quadro é grave. Para retornarmos ao limite de 46,55%, precisaríamos de um acréscimo de R$ 187 milhões na Receita Corrente Líquida ou uma redução de R$ 87 milhões nos gastos com pessoal medidos pela LRF”, explica o secretário Antonio Gavazzoni.

No mês de março, a variação da RCL em relação ao mesmo mês do ano anterior foi negativa em R$ 44 milhões, principalmente por quedas na arrecadação de ICMS e dos repasses da União. “O Fundeb teve uma queda de R$ 15 milhões, e foram R$ 6 milhões a menos em IPI Exportação e Lei Kandir”, exemplifica o secretário. Segundo Gavazzoni, o Estado corre um risco ainda maior por se aproximar do Limite Legal, que é de 49% da RCL com despesas de folha. Nesse caso, seriam bloqueadas as transferências voluntárias da União e as contratações de operações de crédito – incluindo aí as do Pacto por Santa Catarina.

Para o secretário de Estado da Administração, Derly Massaud de Anunciação, o aumento da folha superou as expectativas, assim como as receitas ficaram aquém do projetado. “Trabalhamos para conter o aumento e temos que acreditar no crescimento da economia e, consequentemente, no aumento da receita”, avalia.

Entenda os limites – A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelece como limite prudencial para despesas com folha o percentual de 46,55% da Receita Corrente Líquida, e considera apenas os gastos de caráter remuneratório de ativos e inativos. Estão excluídas despesas como auxílio alimentação e mão de obra terceirizada, por exemplo, itens que representam mais R$ 420 milhões no desembolso anual do Governo com pessoal.

Assessoria de Comunicação SEF Aline Cabral Vaz/Cléia Schmitz

[email protected]/[email protected]

www.sef.sc.gov.br

Twitter: @fazenda_sc

Assessoria de Comunicação SEA Claudia de Conto/Rafael Wiethorn comunicaçã[email protected] Telefone: (48) 366.1636

Secretaria de Estado da Fazenda

Novo presidente da Fesporte assume de olho nas Olimpíadas 2016

11/04/2013

Em uma cerimônia de cerca de uma hora, o advogado Erivaldo Caetano Jr, assumiu nesta quarta-feira, 10, a presidência da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). Natural de Sombrio, no Sul do Estado, a solenidade foi prestigiada por um grande número de blumenauenses, além de dirigentes esportivos de diferentes cidades do Estado. Na ocasião, Marcelo Kowalski também tomou posse como novo diretor de Esportes da Fesporte.

“Minha missão é lutar mais, fazer mais. Todos os presidentes que passaram pela Fesporte deixaram alicerces para os seguintes construírem cada vez mais”, afirmou Vadinho, como é conhecido o dirigente. Em viagem, o ex-presidente da Fesporte, Adalir Pecos Borsatti, não pode participar do ato, mas enviou mensagem ao sucessor.

O novo presidente da Fesporte também salientou a importância dos professores de Educação Física para formação de novos atletas. “É preciso aproveitar o potencial desses profissionais”, destacou. “Pretendemos trabalhar o esporte catarinense de uma forma geral. Vamos valorizar ainda mais o Jogos Abertos de SC (Jasc) e entrarmos no ciclo olímpico dos Jogos de 2016 com toda a força. Tenho certeza que juntos vamos fazer o melhor para o esporte catarinense”, ressaltou Vadinho, que tem 44 anos e já foi secretário de Estado da Casa Civil e diretor do Procon de Blumenau.

Na saudação ao novo presidente, o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Beto Martins, lembrou a importância dos dirigentes que estavam sendo substituídos. “O ex-presidente Adalir Pecos Borsatti e o ex-diretor de Esportes João cascaes foram muito importantes para a construção da história da Fesporte”, destacou Martins. “Sobre o Vadinho, ele é um homem vibrante, que emociona e se emociona. Ele é determinado e conhece muito o esporte. Isso nos deixa muito entusiasmados e esperançosos de que juntos poderemos fazer algo muito bom”, disse o secretário.

Além de lideranças de Blumenau e dirigentes esportivos de diversas cidades do Estado, a solenidade, realizada no auditório da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, foi prestigiada pelo secretário estadual do Planejamento, Murilo Flores, que representou o governador Raimundo Colombo; o deputado Gilmar Knaesel, representando a Assembléia Legislativa; o presidente da Casan, Dalírio Beber; o secretário estadual da Educação, Eduardo Deschamps; o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Joceli de Souza; o presidente da Santur. Valdir Walendowski; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Wilson Wan-Dall; o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), Hercílio Paraguassu, entre outros.

Fundação Catarinense de Esporte

Udesc sedia 2° Encontro Catarinense de Libre Office

11/04/2013

No dia 18 de maio será realizado na Udesc Joinville o 2° Encontro Catarinense de LibreOffice. O evento tem o objetivo de promover o LibreOffice, pacote de produtividade para escritórios de código aberto e livre, que oferece funções como editor de textos, planilha, apresentação, editor de desenhos e banco de dados, de forma gratuita. “É uma boa oportunidade de conhecer ferramentas que podem facilitar a vida no escritório e em empresas”, destacou a professora Janine Kniess. O encontro também pretende divulgar o padrão Open Document Format for Office Applications (ODF), formato de arquivo usado para armazenamento e troca de documentos de escritório. 

Ainda durante o evento serão discutidos a interoperabilidade (capacidade de comunicação de forma transparente) entre os padrões abertos de documentos, a Lei ODF em Santa Catarina e novos desenvolvedores para o LibreOffice e o Software Livre. A programação do encontro prevê a realização de minicursos, oficinas, workshops, painéis e palestras, e tem a intenção de estimular o desenvolvimento da tecnologia com o uso do software livre no campo empresarial, junto à administração pública e no âmbito acadêmico e comunitário. 

O evento pretende integrar os membros da comunidade LibreOffice, entusiastas do Software Livre, estudantes de graduação e pós-graduação (de diversos cursos), pesquisadores, gestores públicos, membros da sociedade civil, professores e demais interessados.

A iniciativa é do Grupo de Hardware e Software Livre na Comunidade (Colméia) da Udesc com o apoio da Associação Software Livre, de Santa Catarina.

O encontro terá início às 9h e ocorrerá no Departamento de Ciência da Computação da universidade. A participação do público é gratuita e poderá ocorrer como ouvinte ou autor. O prazo para inscrição dos ouvintes vai até 17 de maio e dos autores até 21 de abril (período de submissão dos trabalhos). As inscrições devem ser feitas no site do evento:http://www2.joinville.udesc.br/~libreoffice/.

Informações adicionais:

Assessoria de Comunicação da Udesc Joinville Jornalista Isabela Vargas E-mail: [email protected] Fone: (47) 4009-7930  

Universidade do Estado de Santa Catarina

Secretaria da Agricultura apresenta novos valores para indenização de maricultores

10/04/2013

Os maricultores afetados pelo vazamento de óleo ocorrido na Baía Sul de Florianópolis, no final de 2012, receberão nova indenização da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) pela continuidade do embargo da Fundação do Meio Ambiente (Fatma) na área localizada entre a Tapera e o Ribeirão da Ilha. Os produtores acataram, nesta quarta-feira, 10, proposta da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca e da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) que traz valores referentes às perdas nos meses de março e abril, considerando o atraso na produção.

De acordo com o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, o cálculo foi feito com base na perda da produção do mês de março e o atraso na produção de abril. “Para chegarmos a esse número calculamos o valor já recebido pelos maricultores em fevereiro deste ano, equivalente a meia safra, e conseguimos o número equivalente à perda mensal. Caso haja perda da produção anual, os produtores deverão receber os valores referentes aos outros dez meses”, explica. A proposta aprovada será enviada para Celesc para avaliação.

Se o embargo da Fatma se estender até o final de maio, a Epagri fará novo laudo para verificar a quantidade afetada da safra 2013/2014 nas 27 áreas prejudicadas pelo embargo. Esse novo laudo deverá ter proposta diferenciada para os produtores de mexilhão, afinal o método de cultivo é diferente da ostra. “Nós queremos construir uma proposta que seja razoável para todos os envolvidos, mas nossa intenção é de que a área seja liberada o mais rápido possível para que os produtores voltem ao mercado”, ressalta Rodrigues.

O secretário destacou ainda que já há uma conversa com a Celesc para que os equipamentos danificados durante o embargo da área também sejam contabilizados e os valores ressarcidos para os maricultores.

Os maricultores foram indenizados pela Celesc em fevereiro e o valor foi calculado com base nos preços agrícolas fornecidos pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Cepa) e levando em conta metade da safra anual dos maricultores. O levantamento foi realizado a partir de declarações de 27 maricultores avaliando os prejuízos na produção e comercialização de ostra e berbigão.

Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca

Governo do Estado vai duplicar a SC-403, acesso a Ingleses

10/04/2013

O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Cobalchini, anunciarão, nesta quinta-feira, 11, a publicação do edital para a contratação da empresa que vai duplicar a SC-403, trecho do entroncamento da SC-401 ao balneário de Ingleses, em Florianópolis.  Às 15 horas, o governador e o secretário farão uma visita ao trecho para tornar público o edital de licitação. A previsão é que no dia 15 de maio as propostas sejam abertas. A obra faz parte do programa de investimentos Pacto por Santa Catarina.

A duplicação da rodovia SC-403 terá 5,2 quilômetros de extensão, com um orçamento previsto de R$ 36,3 milhões. Do total, R$ 28 milhões serão do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo. O trecho terá três elevados, sendo um na Vargem Grande, outro na Vargem do Bom Jesus e o terceiro para acesso à Cachoeira do Bom Jesus. Toda a via terá duas faixas de tráfego, dividas por uma mureta de concreto, e ainda 3,2 quilômetros de vias laterais para atender o trânsito local.

O projeto ainda prevê duas passagem subterrâneas, sendo uma em frente à Escola de Educação Básica Luiz Cândido da Luz, eliminando o radar existente no local. A outra será construída na Vila União. A nova SC-403 terá ainda dez paradas de ônibus e uma espera central para retorno, além de ciclofaixa para pedestres e ciclistas. A previsão de conclusão da obra é de 15 meses.

O secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, destaca a parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal, que assim como fez na SC-401, também está investindo recursos na SC-403. “Essas parcerias resultam em benefício para a população, já que cerca de 30 mil veículos trafegam por dia nesta rodovia”, afirma Cobalchini. Ele acrescentou que o objetivo do Governo é executar a obra no mais curto espaço de tempo possível, para que a população possa trafegar com segurança e comodidade.

Informações adicionais:
Frutuoso Oliveira
Secretaria de Estado da Infraestrutura
E-mail: [email protected]
Telefone: (48) 3251-3411

Secretaria de Estado da Infraestrutura

Retomada da Sudesul começa a ser discutida em Brasília

10/04/2013

Diante da preocupação dos sete estados das regiões Sul e Sudeste com as perdas de investimento em infraestrutura e consequente comprometimento do crescimento econômico, foram retomadas nesta terça-feira (9) na Câmara dos Deputados, em Brasília, as discussões acerta da reestruturação da Superintendência do Desenvolvimento da Região Sul (Sudesul), extinta em 1990. Convocada pelo deputado gaúcho Jerônimo Goergen, presidente da Comissão da Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, a audiência pública contou com exposição do secretário de Articulação Nacional, João Matos, representando oficialmente o governador Raimundo Colombo.

Matos considerou necessária a correção do erro que foi a extinção da Sudesul, sendo que todas as demais regiões do País possuem seus órgãos promotores do desenvolvimento (tais como a Sudene, a Sudam e a Sudeco). Para ele, esta recriação deve vir acompanhada de medidas do poder público que garantam seu efetivo funcionamento. “Temos que discutir este assunto com muita maturidade, pois precisamos de um órgão que olhe as deficiências do nosso desenvolvimento”, expressou.

O secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, Alexandre Navarro, lembrou que o Governo Federal é favorável a volta da Sudesul, precisando apenas acertar os detalhes de sua nova formatação com os Governos Estaduais. Ficou marcada para o dia 08 de maio reunião dos governadores com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Cada um apresentará a melhor forma de gestão e de atuação da nova Sudesul. Em seguida, a proposta entrará em votação pelo Congresso Nacional dentro do Plano Nacional de Desenvolvimento Regional.

Criada em 1967, em substituição a Superintendência de Valorização da Fronteira Sudoeste do País (SPVERFS), a Sudesul atuou, em Santa Catarina, com projeto que beneficiou a atividade carbonífera na região Sul do estado. “A retomada da Sudesul é importante, mas é preciso que exista um fundo para investimentos e forte articulação para que os projetos regionais tenham maior atenção na execução do orçamento nacional”, afirmou o secretário de Representação do Estado do Paraná, Amauri Escudero Martins.

Participaram também da audiência pública o gerente de fomento da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Marcelo Percicotti; o deputado federal Celso Maldaner; e o secretário de Representação do Estado do Rio Grande do Sul, Hideraldo Luiz Caron.

Informações adicionais:
Fernanda Rodrigues
Jornalista – Secretaria de Articulação Nacional
Brasília/DF – Telefone: (61) 3101-0903 – Celular: (61) 9304-0198
[email protected]

Secretaria Executiva de Articulação Nacional

Credores de Requisições de Pequeno Valor podem acessar dados no site da PGE

10/04/2013

Nos últimos 15 meses, o Estado de Santa Catarina repassou R$ 39,7 milhões a cerca de 5 mil pessoas. Os recursos, pagos por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), correspondem à quitação de 3.845 processos de Requisições de Pequeno Valor (RPV), que são dívidas originadas por decisões judiciais. O repasse de 2012 e 2013 atende a sentenças para pagamentos de débitos da Fazenda Pública Estadual, originadas nas mais diversas áreas, como infraestrutura, segurança e saúde.

Por iniciativa da Diretoria Administrativa da PGE, desde o início do ano, os beneficiados pelo pagamento de RPV podem ter acesso a todos os detalhes da transação, como valores e descontos, através do site da PGE/SC. Na página eletrônica também é possível obter o comprovante de recebimento do RPV para efeitos de declaração do Imposto de Renda.

Os dois serviços podem ser acessados, na página inicial, na coluna à esquerda, onde aparecem os ícones “Requisição de Pequeno Valor” e “IR – Comprovante recebimento RPV”.

Informações adicionais:

Billy Culleton  Procuradoria Geral do Estado  E-mail: [email protected] Telefone: (48) 9968-3091
Procuradoria Geral do Estado

SDR Canoinhas realiza etapa microrregional dos Jasti

Canoinhas,
10/04/2013

Será realizado nesta quinta e sexta-feira, dias 11 e 12, no município de Três Barras, a etapa microrregional dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). Esta etapa terá a participação de quatro municípios da SDR Canoinhas: Canoinhas, Irineópolis, Major Vieira e Três Barras.

Os atletas dos municípios disputarão as modalidades de bocha masculino, dominó feminino, truco masculino e dança de salão de 60 a 69 anos. “Serão 30 atletas envolvidos nesta etapa. Na etapa estadual teremos mais representantes da nossa região, disputando outras modalidades”, destaca a integradora de esportes da SDR Canoinhas, Regina Tereza Zomer

Os jogos iniciam na quinta-feira, a partir das 13h30min, com a disputa da bocha masculina no estádio municipal Ditão. Na sexta-feira, 12, a partir das 13h acontecem as disputas do dominó feminino, truco masculino e dança de salão (60 a 69 anos), todos disputados no ginásio de esportes municipal Ione Cyriaco de Souza, em Três Barras.

A cerimônia de premiação e encerramento acontece às 15h30min no centro da Melhor Idade, que fica anexo ao ginásio onde acontecem os jogos. Segue abaixo tabela dos jogos:

Bocha Masculino 
Municípios participantes:
1- CANOINHAS
2- IRINEÓPOLIS
3 – MAJOR VIEIRA
4 – TRÊS BARRAS

 DIA 11/04/2013

 

LOCAL

CANCHAS DO ESTÁDIO MUNICIPAL DITÃO – CANOINHAS

 

Jg

Hora

Sexo

Equipe [A]

 

 

 

Equipe [B]

Chave

01

13:30

MASC

TRÊS BARRAS

 

X

 

MAJOR VIEIRA

ÚNICA

02

 

MASC

CANOINHAS

 

X

 

IRINEÓPOLIS

ÚNICA

03

 

MASC

IRINEÓPOLIS

 

X

 

TRÊS BARRAS

ÚNICA

04

 

MASC

MAJOR VIEIRA

 

X

 

CANOINHAS

 

                   

Secretaria de Estado de Des Reg Canoinhas

Secretário de Defesa Civil sobrevoa áreas atingidas pela chuva na região Norte de Santa Catarina

10/04/2013

O secretário de Estado da Defesa Civil, Milton Hobus, acompanhado do diretor de Resposta, Aldo Baptista Neto, e do diretor de Prevenção, Fabiano de Souza, está sobrevoando a região Norte de Santa Catarina, neste quarta-feira, 10, para verificar a situação dos municípios atingidos por chuvas e enchentes, especialmente o de Barra Velha, um dos mais prejudicados. Em seguida, o secretário se reunirá com prefeitos para fazer um levantamento das necessidades das cidades prejudicadas e das áreas vulneráveis à enchentes.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil também criou uma sala de monitoramento para gerenciar a situação. Há previsão de chuva entre esta quarta e início de quinta-feira, com intensidade moderada a forte em alguns momentos, o que mantém o alerta de risco de alagamentos e deslizamentos.

As defesas civis municipais já iniciaram a contabilização dos estragos. O levantamento oficial deverá ser divulgado até final do dia. Foram distribuídas lonas para amenizar as dificuldades enfrentadas pelos moradores. O município mais atingido foi Barra Velha, com 3.500 residências prejudicadas e pelo menos 12 mil famílias afetadas. Em Camboriú, várias ruas ficaram alagadas. Em Itajaí, parte da área rural também teve prejuízos. Em Piçarras, a água invadiu várias residências. Em Palhoça, houve quedas de muros, deslizamentos de terra, e algumas casas foram interditadas. 

A chuva que iniciou na noite de terça-feira e se estendeu pela madrugada e início da manhã desta quarta-feira, é considerada de moderada a forte. Em Camboriú, por exemplo, choveu o esperado para o mês inteiro. Os acumulados mais significativos registrados até às 10h30min de hoje foram em: Barra Velha, 240 mm (estação da Defesa Civil); Camboriú, 106 mm; Itajaí, 125 mm (estação da Defesa Civil); São José, 74 mm; e Florianópolis, 61 mm.

O volume de chuva foi causado pela circulação marítima (transporte de umidade do mar para o continente pelos ventos de leste/nordeste) associada a ventos mais fortes em altos níveis da atmosfera. Caso a circulação continue atuando, os efeitos podem se agravar no decorrer das próximas horas. A maré de sizígia (lua nova) dificulta a drenagem dos rios e ribeirões nas áreas costeiras. A previsão da maré alta na região de Itajaí está para as 12h46min.

Secretaria de Estado da Defesa Civil

Grupo de trabalho que estuda implantação de restaurantes na Udesc vai ser ampliado

10/04/2013

O grupo de trabalho nomeado para estudar o projeto de implantação dos restaurantes nos campi da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) será ampliado, com a presença de representantes de todos os centros da instituição. A decisão foi tomada em reunião do grupo realizada na manhã desta quarta-feira, 10, em Florianópolis, a pedido dos representantes estudantis. 

A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Comunidade (Proex) pedirá à direção de Extensão de cada centro que indique, em uma semana, o titular e o suplente para integrar o grupo. A primeira reunião do grupo de trabalho ampliado será no dia 30.

Durante a reunião, o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade, Mayco Nunes, fez uma explanação sobre o modelo de restaurante a ser construído pela Udesc. Segundo Nunes, a Universidade busca implantá-lo de forma coletiva, que seja sustentável, com oferta de refeições de qualidade de acordo com os padrões de higiene e necessidades nutricionais estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O cardápio deve ser simples e nutritivo, e o modelo de gestão a ser adotado deve permitir a imediata implantação.

Depois de mostrar fotos do restaurante que está sendo implantado no bairro Itacorubi, na Capital, o pró-reitor falou sobre as gestões visando a ampliação dos recursos da Udesc para construção de outras unidades e manutenção. Uma das propostas é criar um fundo de assistência ao estudante carente na Assembléia Legislativa. Outra, envolve a captação de recursos do Ministério da Educação (MEC), com a adesão da Udesc ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Nunes informou também que, na reunião do Conselho Universitária (Consuni) da próxima terça-feira, 16, será debatida a adesão da Udesc ao Fundo Nacional de Assistência a Estudantes das Instituições Estaduais (Pnaest).

Modelos de Joinville e Lages
O representante da Udesc Joinville no grupo de trabalho, Marcio Metzner, expôs o modelo de restaurante adotado pelo centro – cerca de 30% dos três mil alunos utilizarão o estabelecimento, que é terceirizado e oferecerá refeições por buffet. Depois de observar que o sistema de auto-gestão é inviável, Metzner disse que esse modelo foi implantado em Joinville após visitar três universidades estaduais no Paraná, que também terceirizam a alimentação.

Já o diretor de Extensão da Udesc Lages e integrante do grupo, Gilberto Massachi Ide, informou que o centro possui duas cantinas e um restaurante, que serve em média 200 refeições diárias ao preço de R$ 7,00 cada. Também é oferecida comida a quilo.

Participantes da reunião
A reunião também contou com as presenças dos pró-reitores de Planejamento, Gerson Volney Lagemann, e de Administração, Vinícius Perucci; do coordenador de Extensão, Alfredo Balduino, da coordenadora de Apoio à Comunidade Universitária, Elisabete Maria de Oliveira, e da professora Fernanda Torres, da Proex.

Também participaram os representantes estudantis Cléo Theodora Pereira Rezende, do Diretório Acadêmico Seis de Fevereiro (Dasefe); Luiz Paiva e Eduardo Michareff, do Diretório Acadêmico Oito de Maio (Daom); Iarima Castro Alves e Bruna de Souza, do Diretório Acadêmico das Artes (Dart). 

Assessoria de Comunicação da Udesc

Jornalista Valmor Pizzetti E-mail: [email protected] Fone: (48) 3321-8142
Universidade do Estado de Santa Catarina

Produtores catarinenses buscam a regularização do queijo serrano

10/04/2013

Regularizar a comercialização do queijo serrano. Esse foi o objetivo de um seminário que reuniu produtores do laticínio de toda a região nesta quarta-feira, 10, na Uniplac. O evento foi promovido pelas secretarias regionais e gerências da Epagri de Lages e São Joaquim. “Precisamos tornar o queijo produzido na Serra Catarinense conhecido em todo o Brasil, e o primeiro passo é legalizar a venda. Vamos unir forças pra que esse objetivo seja alcançado”, disse o secretário regional de Lages, Gabriel Ribeiro.

A regularização do queijo serrano junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) será encaminhada por uma comissão criada durante o seminário. A comissão, formada por produtores e coordenada pela Epagri, será responsável por todo o trâmite, passando pela inspeção sanitária, indicação geográfica, organização de cadeias produtivas para o desenvolvimento territorial, e aprovação de linhas de crédito para a construção de queijarias. O processo terá o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).      

A história conta que a produção do queijo serrano começou no século XVIII, quando os açorianos começaram a ocupar a região. O latícinio é feito de forma artesanal, tendo como matéria prima o leite cru. Atualmente, mais de dois mil fazendeiros espalhados pelos 18 municípios da Serra fabricam o produto, sendo que mais da metade deles veem a atividade como principal fonte de renda. No entanto, apenas nove produtores tem autorização para comercializar o queijo.

De acordo com a coordenadora do programa estadual de capital social e humano da Epagri, Arlete Pucci, os números representam um déficit econômico significativo. “A legalização da venda abrirá um leque de mercado gigantesco, levando um produto de qualidade tipicamente serrano às prateleiras dos supermercados. Com isso, o capital irá aumentar”, diz Arlete.

 

Secretaria de Estado de Des Reg Lages

Fazenda detecta irregularidades no primeiro dia da Operação Sala de Visitas

10/04/2013

No primeiro dia da “Operação Sala de Visitas”, auditores fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda estiveram em 67 estabelecimentos em Santa Catarina, o que significa 25% do total de 260 estabelecimentos selecionados para a fiscalização. Foram encontradas irregularidades em 46% das lojas visitadas, principalmente falta de instalação de Emissor de Cupom Fiscal (ECF) e uso de máquinas para pagamento com cartão de débito/crédito em estabelecimentos diferentes dos autorizados. Segundo o gerente de fiscalização, Francisco Martins, em Florianópolis, um estabelecimento realizava a venda e a mercadoria saía efetivamente de outra loja.

As visitas aos estabelecimentos começaram na terça-feira, 9, e prosseguem até quinta-feira, 11; depois as lojas serão fiscalizadas por 180 dias. No total, 102 auditores farão o cruzamento de dados da nota fiscal eletrônica, do cartão de crédito e débito e das compras realizadas com o faturamento declarado pelo contribuinte. A Secretaria da Fazenda detectou que, nesse segmento, é muito comum a compra ser realizada em estabelecimento varejista de Santa Catarina, mas o documento fiscal ser emitido por empresa de outro estado, ocasionando a perda de receita tributária.

Guerra contra a sonegação – Nos três primeiros meses de 2013, a Fiscalização da Fazenda recuperou R$ 70,1 milhões para os cofres públicos. O valor é resultado de diversas ações de fiscalização realizadas pela Secretaria em 2013, envolvendo 750 contribuintes de diferentes setores. A recuperação de impostos a partir dessas operações deve quase triplicar, ao considerar que de R$ 288,6 milhões emitidos em termos de infração fiscal no referido trimestre, R$ 184,8 milhões foram convertidos em notificação fiscal.

“Estamos reforçando ainda mais o nosso trabalho de fiscalização, porque se fecharmos os olhos para a sonegação, estaremos prejudicando os empresários que cumprem rigorosamente com suas obrigações fiscais. Além disso, precisamos aumentar a receita e, por consequência, a capacidade de investimento do Estado”, afirma o secretário Antonio Gavazzoni.

No primeiro trimestre foram deflagradas seis operações de presença fiscal: Shopping 1 e 2, Veraneio (restaurantes), Corpo a Corpo (confecções, cama, mesa, calçados e restaurantes) e Com Nota Fiscal Vai Legal (mercadorias em trânsito). As ações envolveram mais de 1.000 contribuintes. Além das operações com ação presencial dos auditores fiscais, a Fazenda também realizou operações especiais baseadas no cruzamento de informações. Foram fiscalizadas mais de 3.000 empresas de diferentes setores. Muitas dessas operações ainda estão em andamento. 

Assessoria de Comunicação SEF
Aline Cabral Vaz/Cléia Schmitz [email protected]sef.sc.gov.br/[email protected]  www.sef.sc.gov.br Twitter: @fazenda_sc

Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado promove debate sobre corrupção

A Fundação Escola de Governo (ENA) promove, na próxima quinta-feira, dia 18 de abril, o Simpósio de Combate à Corrupção. O evento é aberto aos interessados e vai acontecer no auditório do Corporate Park, na SC-401, em Florianópolis, a partir das 13h.

Para discutir o assunto, a ENA traz Jean-Pierre Guis, vice prefeito da 12ª Arrd. de Paris, na França, e presidente da Anticor (www.anticor.org), organização francesa de combate à corrupção. Jean-Pierre vai falar sobre a experiência francesa no combate à corrupção.

Para falar sobre a realidade brasileira, estarão na mesa o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, Salomão Ribas Júnior, e os representantes do Ministério Público Davi do Espírito Santo e Affonso Ghizzo Neto. Otávio Moreira de Castro Neves também está entre os debatedores, representando a Controladoria Geral da União.

O evento é gratuito e para se inscrever basta enviar e-mail para [email protected]. É preciso informar nome, CPF, órgão/ente de origem, email e telefone de contato. Os participantes que desejarem encaminhar previamente perguntas aos debatedores poderão fazê-lo por meio de [email protected].

Secretaria de Estado de Comunicação

Governo do Estado e SCGÁS assinarão contrato de construção de rede do Projeto Serra Catarinense

10/04/2013

O governador Raimundo Colombo e o presidente da Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS), Cósme Polêse, assinarão, nesta quinta-feira, 11, no auditório do Instituto Federal Catarinense, em Rio do Sul, o contrato de execução das obras de implantação da rede de distribuição de gás natural, integrante da terceira fase do Projeto Serra Catarinense. O contrato autorizará a construção da rede entre os municípios de Ibirama e Rio do Sul – totalizando 38 km de gasodutos.

O Projeto Serra Catarinense é o maior do gênero do Brasil em execução e intenciona a interiorização da oferta de gás natural, levando a rede de Indaial (cidade atendida com o gás) até o município de Lages. Serão construídos ao todo 230km de rede, com investimentos na ordem de R$ 200 milhões.

Atualmente, as obras do projeto estão na sua segunda fase, que implantará a rede entre Ascurra e Ibirama. A previsão de conclusão é para junho de 2013, quando a tubulação chegará até o quilômetro 113 da BR-470, em Ibirama. O novo contrato, no valor de aproximadamente R$ 48 milhões, será dividido em duas frentes de obra e terá o prazo de execução de dois anos a partir do lançamento da ordem de serviço.

Informações adicionais:
Jaime Schramm SC Gás E-mail: [email protected] Telefone: (48) 3229-1256

Companhia de Gás de SC SA

Deixe uma resposta

inMarket