Educação Ambiental é discutida por representantes de todo Estado

Começou, nesta segunda-feira, 29, o 2º Encontro Catarinense de Educação Ambiental. O evento, que é realizado no Teatro Governador Pedro Ivo, em Florianópolis, conta com participação de entidades públicas e privadas ligadas ao tema para discutir as ações que estão sendo desenvolvidas a partir do Programa Estadual de Educação Ambiental (ProEEA/SC).

“Estamos com grandes avanços na área e um dos atos desta gestão foi incorporar a educação para inovação e sustentabilidade. Santa Catarina está assumindo o compromisso de estar na vanguarda”, relata a secretária-adjunta do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lúcia Dellagnelo na abertura do encontro.

Realizado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (Ciea/SC), o objetivo é promover a troca de experiências sobre desenvolvimento de estudos, pesquisas e a formação de recursos humanos para educação ambiental. “Nosso Estado tem se esforçado e se destacado para atingir suas metas”, explica a gerente de Planejamento e Educação Ambiental da SDS e presidente da Ciea/SC, Rejane Varela.

Segundo o professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP) e assessor do Ministério da Educação, Marcos Sorrentino, o fortalecimento da educação ambiental ocorre por meio de ações locais que articulem transformações globais. “Esta iniciativa em Santa Catarina é de suma importância, pois tenta transformar a educação ambiental e ir além do discurso”, comenta. Para a secretária-adjunta de Educação, Elza Moretto, esta pauta deve ser coletiva, com um projeto que ultrapasse as políticas de Governo e se estabeleça como uma política estruturante de Estado.

A secretária-adjunta da SDS destacou não apenas projetos específicos da área ambiental, citando o levantamento aerofotogramétrico, como mostrou que a educação ambiental também está inserida no desenvolvimento econômico. “Os participantes do Juro Zero, um programa destinado para microempreendedores individuais, recebem orientações para sustentabilidade”, exemplifica.

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável 

Deixe uma resposta

inMarket