Homem ateia fogo à namorada por ela ter negado sexo

Mais uma história chocante de violência doméstica, dessa vez, num caso intimamente relacionado à cultura do estupro. Uma jovem de Vacaria, no interior do Rio Grande do Sul, foi atacada pelo namorado com gasolina e fogo, na madrugada desse domingo (22). Segundo a Polícia Civil, o motivo para o crime foi o fato de a jovem ter negado sexo ao agressor.

A garota de 18 anos está internada em estado grave, pois teve 80% do corpo queimado. A casa em que os dois moravam também foi tomada pelas chamas e está parcialmente destruída. De acordo com a RBS TV (afilhada à Rede Globo no RS), o agressor está foragido.

Ele se chama Michael de Andrade Ribas, e tem 28 anos. O homem também teve parte do corpo queimado e dirigiu-se a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Porém, ao desconfiar que a polícia já sabia do ocorrido, ele fugiu.

Segundo o delegado Flademir Paulino de Andrade, Michael é foragido do sistema penitenciário. Ele possui uma série de antecedentes criminais por roubos, furtos e outras duas tentativas de homicídio. 

O crime em Vacaria impressiona pela barbárie, mas está longe de ser um caso isolado. No final de 2015, dados do Mapa da Violência no Brasil mostraram que 55,3% das mulheres assassinadas no país são mortas dentro de casa e que em 33,2% das vezes o homicida é o parceiro ou ex-parceiro da vítima.


Source: http://mdemulher.abril.com.br/feed

Deixe uma resposta

inMarket