Lucro do BB cresce 66% e vai a R$ 2,3 bilhões

Apesar da alta, lucro ainda é menor que o recorde obtido pelo banco em 2006.

BB encerrou março com ativos totais de R$ 392,586 bilhões.

O Banco do Brasil teve lucro líquido de R$ 2,347 bilhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa um crescimento de 66,6% sobre o lucro de R$ 1,409 bilhão no mesmo período do ano passado.

O resultado supera o registrado pelo Bradesco no mesmo período, de R$ 2,102 bilhões, mas fica atrás do recorde da própria instituição em primeiros trimestres, de R$ 2,526 bilhões em 2006, segundo levantamento feito pela consultoria Economatica.

O lucro líquido recorrente, que desconsidera efeitos extraordinários do resultado, foi de R$ 1,559 bilhão nos três primeiros meses deste ano, contra R$ 1,466 bilhão há um ano nessa mesma base.

post Wilson Wiese

O lucro do trimestre correspondeu a um retorno anualizado sobre patrimônio líquido de 43,5%, contra 29,4% um ano antes. Já o retorno anualizado sobre o patrimônio líquido recorrente foi de 27,6% de janeiro a março de 2008, abaixo dos 30,7% há um ano.

O BB encerrou março com ativos totais de R$ 392,586 bilhões, com expansão de 22% em 12 meses.

Deixe uma resposta

inMarket