Os 10 empresários mais influentes em 2011

Os mercados internacionais podem estar em pânico, com uma iminente crise atrás da outra para acabar com a alegria de um novo continente.

Mas ainda assim há quem pareça estar blindado a essas oscilações econômicas.

A agência Bloomberg escolheu dez empresários considerados os mais influentes do mercado.

Entre eles, está o brasileiro Eike Batista, que entra para a lista mesmo com a maior parte de suas empresas em fase pré-operacional. Carlos Slim, Steve Jobs e Warren Buffet são alguns dos nomes previsíveis.

Confira quem completa o time de empresários anti-crise.

Veja os 10 mais influentes:

Eike Batista

Eike Batista

Eike Batista: presidente do grupo EBX, o mineiro de 54 anos é também o oitavo homem mais rico do mundo. Na lista, aparece com destaque para a empresa de mineração MMX, que vem investindo pesado na China.

Warren Buffet
Warren Buffet

Warren Buffet: Presidente executivo do fundo Berkshire Hathaway, o megainvestidor é considerado um oráculo – em parte, claro, pelo sucesso de seus investimentos – e sempre opina sobre os rumos da economia.

Steve Jobs
Steve Jobs

Steve Jobs: O guru da Apple foi um dos líderes mais inovadores do mercado de tecnologia com os mais recentes “brinquedos” como os iPads e os novos iPhones.

Carlos Slim Helú
Carlos Slim Helú

Carlos Slim Helú: o magnata mexicano das telecomunicações comanda a América Móvil, empresa que controla a Claro, a Embratel e a Net no Brasil. É o empresário mais rico do mundo.

Jeffrey Immelt
Jeffrey Immelt

Jeffrey Immelt: o empresário completou nesta semana dez anos à frente da General Electric, em substituição a Jack Welch. Desde a crise de 2008, a empresa enfrentou situações difíceis e nunca mais recuperou a saúde financeira de antes. Ainda assim, Immelt conseguiu fazê-la ter um desempenho melhor do que suas concorrentes.

Ratan Tata
Ratan Tata

Ratan Tata: ele comanda o maior conglomerado da Índia, com produtos tão variados que vão de sal até carros Jaguar. No cargo desde 1991, o empresário de 73 anos, Tata multiplicou a receita da empresa por 12, atingindo 76 bilhões de dólares.

David Rubenstein
David Rubenstein

David Rubenstein: o co-fundador e atual diretor do Carlyle Group lidera a companhia de private equity com 153 bilhões de dólares em ativos. Agora, ele comandará o IPO da empresa, que terá o objetivo de quitar dívidas e investir em mais aquisições.

Mukesh Ambani
Mukesh Ambani

Mukesh Ambani: O empresário indiano, o nono homem mais rico do mundo, preside o conglomerado que atua em energia e serviços como telecomunicações e seguros. É a maior empresa privada da Índia.

Mikhail Prokhorov
Mikhail Prokhorov

Mikhail Prokhorov: A paixão do empresário russo pelo basquete é tanto que o empresário russo fez, em 2009, uma oferta para controlar o time New Jersey Nets. A proposta foi aprovada no ano seguinte. Aos 46 anos, ele também é o fundador do grupo Onexim, que controla 25 bilhões de dólares em ativos.

Wilbur Ross
Wilbur Ross

Wilbur Ross: Presidente da empresa de private equity WL Ross %26 Co., o americano de 73 anos é conhecido pelo sucesso na reestruturação de empresas falidas de setores como aço, têxtil e automotivo.

Fonte: Exame/Abril

Deixe uma resposta

inMarket