Entenda o significado da Páscoa e seus símbolos

Este ano a Páscoa será dia 20 de Abril de 2014.

Para as crianças a Páscoa é aquela época maravilhosa do ano, em que se come muito chocolate sem culpa e sem broncas dos pais. Mas a tradição deste feriado religioso é muito antiga e possui vários significados.

O termo páscoa vem do hebraico “pessach” que significa passagem e simboliza o êxodo dos judeus, libertos pelo faraó egípcio, e sua travessia pelo Mar Vermelho em busca da Terra prometida. Cristo morreu no início do pessach judaico e a última ceia era, na realidade, a celebração do seder do pessach, um tradicional jantar para comemorar o êxodo.

Em 325 d. C., no Concílio de Nicéia, os religiosos cristãos resolveram fixar a comemoração da morte e ressurreição do messias no primeiro domingo após a primeira lua cheia da primavera, considerando que estavam no hemisfério norte, o que se localiza entre 22 de março e 25 de abril (existe uma fórmula, desenvolvida por Johann Friederich Carl Gauss para saber a data exata em cada ano).

Na realidade muitos historiadores acreditam que essa manobra do princípio da fé cristão foi estrategicamente calculada pois coincidia o maior feriado cristão com uma celebração judaica e com as festas pagãs de início de primavera. Ou seja, a idéia era se apoderar da data mesmo, nublando a concorrência.

Só por curiosidade mesmo, Páscoa em inglês é Easter e em alemão Ostern. A explicação vem de duas teorias, a de Eostre, uma deusa germânica relacionada com a primavera que era homenageada todos os anos e com o antigo mês germânico Eostremonat. A Páscoa é tomada por rituais e simbologias, mesmo antes do grande domingo. Abaixo algumas das tradições que envolvem a data, dentro das religiões católica e judaica.

Ovos de Páscoa

Ovos de Páscoa
Ovos de Páscoa

Povos antigos como persas, romanos, armênios e judeus já tinham a tradição de trocar ovos coloridos, que simbolizavam a fertilidade e no início da primavera (ou seja no renascimento da vida) a tradição se instalou. Na miscigenação cultural entre os povos, a Igreja Católica acabou incorporando o hábito relacionando-o com a Páscoa. Foi no século XVIII que os confeiteiros franceses resolveram trocar os tradicionais ovos de galinha por ovos de chocolate.

Coelho da Páscoa

Coelho da Páscoa
Coelho da Páscoa

Como coelhos costumam ter uma prole muito grande quando se acasalam, tornaram-se para os antigos egípcios a personificação da fecundidade e da reprodução da vida. Já para os alemães, nas festas de primavera, uma lebre trazia ovos coloridos às crianças boazinhas e rapidamente a idéia se espalhou na América devido aos colonos germânicos. Como ovos já estavam diretamente relacionados com a Páscoa, o coelho passou a ser o portador dos deliciosos presentes. Algumas correntes acreditam que o coelho, para os católicos, simboliza também a capacidade da igreja em fecundar novos discípulos.

Colomba

Colomba de Páscoa
Colomba de Páscoa

Reza a lenda que quando o rei Albuino dos Lombardos quis invadir a cidade de Pavia, no norte da Itália, um padeiro local lhe ofereceu um bolo em formato de pomba. O monarca gostou tanto do delicado sabor do regalo que desistiu da invasão. Como a pomba é um dos símbolos católicos da paz e do espírito santo, incorporou-se o doce para o café da manhã pascal.

Quaresma

Quaresma
Quaresma

Mais uma tradição judaica que foi incorporada pela Igreja Católica, já que os hebreus passaram 40 anos no deserto. Hoje em dia, por 40 dias os hebreus devem resguardar o corpo de excessos. Para os católicos, são os 40 dias que antecedem a Páscoa, começando na quarta-feira de cinzas e que convida os fiéis à reflexão, penitência e meditação.

Sábado de Aleluia

Sábado de Aleluia
Sábado de Aleluia

É o último dia da semana santa e não se celebra missa ou qualquer ritual eucarístico a não ser a confissão e a liturgia das horas. É nesse dia também que acontece a malhação de Judas, comemorando a morte do traidor de Cristo.

Cordeiro de Deus

Cordeiro de Deus
Cordeiro de Deus

O cordeiro também está diretamente relacionado com a festa, já que nas tradições católicas, Cristo seria o cordeiro de Deus sacrificado pelos nosso pecados e cujo ato livraria o mal do mundo, nos redimindo. É interessante notar que, na história do êxodo, Deus manda que os judeus sacrifiquem um cordeiro e passem seu sangue na porta de suas casas, assim a praga da morte dos primogênitos não os atingiria e sim somente aos egípcios. Ou seja, o animal é figura recorrente nas tradições.

Círio Pascal

Círio Pascal
Círio Pascal

É uma grande vela usada durante as missas do tempo pascal (período litúrgico que segue até 50 dias depois do domingo de Páscoa), que possui as letras alfa e ômega do alfabeto grego significando que Deus é o princípio, o fim e ainda o ano corrente. Além disso, durante a vigília pascal, o sacerdote insere na vela cinco grãos de incenso simbolizando as chagas de Cristo.

Pão e vinho

Pão e vinho
Pão e vinho

O pão era um dos alimentos mais comuns na antiguidade e nossos antepassados tomavam vinho em quase todas as refeições. Daí a explicação porque Cristo usou os dois alimentos em sua última refeição. O pão simboliza o corpo de Cristo e o vinho seu sangue e é uma maneira de lembrar aos fiéis de seu sacrifício na cruz e nos fazer partilhar deste momento.

Curiosidades:

Você sabe porque o dia da festa da Páscoa muda a cada ano?

A Páscoa cristã, na qual se celebra a ressurreição de Jesus, é uma festa cuja data de comemoração muda todo ano. O motivo dessa mobilidade se deve à forma escolhida para determinar esse dia. O Concílio de Nicéia (325 d.C) estabeleceu que o primeiro domingo após o aparecimento da lua cheia da primavera no hemisfério norte – outono no hemisfério sul – seria o domingo de Páscoa. O outono no Brasil começa em 20 de março. O primeiro domingo de lua cheia depois de seu início cai dia 28. Por isso, a Páscoa, este ano, acontece em 2 de abril.

Chocolate conquistou índios e espanhóis.

Nas suas incursões pelas Américas, os espanhóis descobriram o chocolate, ou o tchocolatl, bebida feita com cacau amassado, água, pimenta e outras especiarias. A bebida sofreu adaptações em terra espanhola, a principal foi a adição de açúcar, e virou a favorita da realeza. Temendo que a receita caísse no domínio público, a corte deu aos monges a incumbência de preparar o chocolate, que era artigo de luxo e que, por quase um século, foi produzido apenas na Espanha. Quem visitava os monastérios, provava da bebida, com isso sua fama ganhou mundo.

Como o mundo comemora a Páscoa?

Europa As tradições de Páscoa no velho continente incluem decoração de ovos cozidos e brincadeiras com ovos de Páscoa.

Estados Unidos A brincadeira mais tradicional é a “caça ao ovo”, na qual ovos de chocolate são escondidos pela casa para serem encontrados pelas crianças.

China O “Ching-Ming”, festividade que ocorre na mesma época da Páscoa e que reverencia os ancestrais, é marcada pela visita aos túmulos e oferendas de refeições e doces.

Mesmo sendo mamífero, coelho da Páscoa produz ovos:

Na cultura cristã, Páscoa significa renascimento. Por isso, nada melhor do que o coelho, animal de reprodução rápida e numerosa, para simbolizá-la.

Apesar de não por ovos, o coelho passou a ser o responsável pela produção e entrega dos ovos de Páscoa, através de uma série de lendas e tradições.

A que faz mais sentido hoje, diz que uma mulher pobre coloriu alguns ovos e os escondeu para seus filhos. Quando as crianças os descobriram, um grande coelho passou correndo. Espalhou-se a história de que o coelho trazia os ovos.

Tradição na Casa Branca:

Há anos, os presidentes dos Estados Unidos recebemm convidados para a tradicional “Easter Egg Roll” (corrida dos ovos de Páscoa), que acontece sempre na segunda-feira de Páscoa. Na ocasião, as crianças correm em busca de ovos escondidos pelo jardim da Casa Branca.

A corrida do ovo acontece desde 1878, quando o presidente Rutherford B. Hayes decidiu abrir os jardins da Casa Branca para as crianças da vizinhança brincarem.

Esse ano, Michelle Obama convidou o elenco do seriado musical “Glee” para se apresentar na comemoração de Páscoa.

Ovos: eles são a vedete da Páscoa:

Muito antes de estar relacionado à ressurreição de Jesus, fato que marca a Páscoa cristã, o ovo já era adotado como uma representação da vida pelas culturas pagãs. Nas civilizações grega, egípcia e persa, a chegada da primavera e do período de colheita era comemorada com muitos festejos durante os quais se consumiam ovos cozidos.

A tradição atual, de ovos de chocolate, surge em 1819, com a fábrica de chocolates do francês François Cailler. No entanto, os primeiros ovos de chocolate começaram a ser comercializados apenas no século 20.

Faça você mesmo:

Você está cansado de presentear seus amigos e parentes com o tradicional ovo de Páscoa. Inove. Faça esse lindo cacho de uva com ovinhos de chocolate. Segundo Claudia C. Bogalho, artesã do Ateliê Fantasy, ao receber esse artesanato todos vão se surpreender com a forma e a originalidade.

Passo 1

Pascoa
Pascoa

Para formar os bagos da uva serão necessários 15 ovinhos de páscoa de 20grs. Envolva cada um dos bagos em uma tira de papel celofane medindo 10 cm x 30 cm. Para a amarração, utilize fio de nylon (também pode ser feito com fitilho na cor uva, mas o acabamento ficará aparente)

Passo 2

Pascoa
Pascoa

Inicie o processo de montagem do cacho amarrando dois bagos. Lembre-se de que as pontas de celofane que sobram devem ser torcidas para facilitar a amarração dos bagos.

Passo 3

Pascoa
Pascoa

Continue o processo prendendo um novo bago entre os dois anteriores. Na próxima etapa, prenda 3 bagos, procurando desencontrá-los. A seguir 4 bagos. Por último, posicione 5 bagos procurando dar harmonia ao conjunto e observando bem o formato de seu cacho. Só coloque um novo bago no caixo, depois que o anterior estiver amarrado.

Passo 4

Prepare um laço duplo e cole com o auxílio da pistola de cola quente no topo de seu cacho. Abra o papel celofane que fica aparente e corte dando profundidade ao arranjo.

Páscoa – Delicie-se entre os mais variados tipos de chocolate:

Para os chocólatras, pouco importa os ingredientes do produto desde que o sabor seja irresistível. Mas quem está preocupado com a saúde e a boa forma, deve prestar atenção em alguns detalhes que podem fazer a diferença.

Páscoa - Delicie-se entre os mais variados tipos de chocolate
Páscoa – Delicie-se entre os mais variados tipos de chocolate

Páscoa – História do chocolate, veja 15 fatos interessantes:

Conheça os 15 fatos da história do chocolate.

Páscoa - História do chocolate, veja 15 fatos interessantes
Páscoa – História do chocolate, veja 15 fatos interessantes

Aprenda a fazer receitas especiais de Páscoa:

Receita do ovo crocante de Bis rende duas unidades de 150g. A Páscoa está chegando e muita gente já pensa em garantir um cardápio recheado com chocolate, seja para surpreender a família ou para garantir uma renda extra.

Separamos duas receitas especiais, que ensinam a fazer um ovo crocante utilizando uma caixa de Bis e pequenos bolinhos de chocolate decorados com pasta americana.

Aprenda a fazer receitas especiais de Páscoa
Aprenda a fazer receitas especiais de Páscoa

Conheça a Casa do Coelho em Canoinhas/SC:

A Prefeitura Municipal de Canoinhas através da Fundação Cultural Helmy Wendt Mayer, convida toda a população a visitar a Casa do Coelho que esta localizada na Praça Lauro Muller.

images/stories/novas-noticias/2010-03/casa-do-coelho-p.jpg
Casa do Coelho Canoinhas

Páscoa dia 24 de abril de 2011

Páscoa Nestlé Chocolover – A Páscoa chegou, faça a festa

Aproveite que a Páscoa está aí e faça a maior festa com os deliciosos ovos e chocolates Nestlé. E se você é um Chocolover vai adorar as novidades. Confira! Além dos ovos Alpino, Classic, Suflair e muitos outros, tem lembrancinhas para sua festa.

Nestlé investe em opções para presentear na Páscoa 2011

Páscoa Nestlé: Pesquise e Compare o melhor preço

Antes de comprar, compare, pesquise preços e encontre informações detalhadas sobre Ovo de Páscoa e muito mais.

Fonte: Terra/internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

inMarket