Sinhá Moça – Capitulos do mês de Maio de 2010

Capitulos do mês de Maio de 2010:

Sinha moça

Adelaide faz confissão para Baronesa – Segunda 03/05/10:

Em meio a uma conversa sobre as últimas atitudes estranhas do Barão, a mucama diz não querer mais ficar na casa da família, mas sim na senzala. Sem nada entender, a Baronesa questiona o porquê de uma reação tão repentina. Neste momento, Adelaide confessa que o Barão lhe olha de forma maldosa.

Ricardo e Rodolfo conversam sobre a tristeza de sinhá Moça ao ver Rafael preso na senzala. Rodolfo confessa não ter mais ciúmes do antigo rival ao ter descoberto que ele é filho do Barão. Ruth mostra ao rapaz que o sentimento que ele carrega pela jovem é mesmo amor…

Rafael diz para escravos que ele é um bastardo – Terça 04/05/10:

Ele reúne os escravos na senzala e faz um longo discurso sobre a sua história. Rafael conta que é filho do Barão com uma escrava e tem orgulho de sua origem negra. Ele detsina vários elogios ao Pai José e ainda diz que cumprirá sua profecia.

Mário não desiste de Juliana, aborda a moça e recebe impaciência como resposta. Ele questiona o amor da moça por um escravo e a deixa ainda mais irritada. Juliana encerra a conversa com o jovem de forma abrupta.

Sinhá Moça recebe uma má notícia – Quarta 05/05/10:

Ricardo e Rodolfo conversam antes de dormir. Os dois lamentam as tristezas da vida. Rodolfo lamenta ter voltado para a cidade e ter conhecido Sinhá Moça, que lhe causa sofrimentos. Seu irmão o caonselha e acaba concordando com a existência de certas injustiças…

Uma carta chega para dimas, que esperava libertar uma leva de escravos da senzala do Barão. Nela, seus comparsas dizem que não poderão ajudar dessa vez, o que revolta Juliana, que alega o fato deles não saberem que dimas está preso.  Sinhá Moça fica desapontada.

Capitão é destituído do cargo de delegado – Quinta 06/05/10:

Doutor Fontes e Rodolfo chegam na delegacia para destituir o capitão do cargo de delegado. Sentindo-se ameaçado, ele diz que pai e filho estão desrespeitando as ordens do Barão. Os dois, por sua vez, dizem que a carta feita pelo juiz é clara e que o Barão não se respaldou na lei para nomeá-lo delegado.

Já na senzala do próprio Barão, o clima esquenta e Dimas se atreve a dizer umas verdades para o pai de Sinhá Moça. Com raiva do que ouviu, ele não titubeou em ameaçar o jovem, ainda que ele não seja seu escravo!

Barão implora pelo amor de Cândida – Sexta 07/05/10:

Embrigado, o Barão de Araruna invade o quarto em que Cândida está dormindo sozinha, após a briga dos dois, e pede que a esposa volte para o quarto do casal. Sem ver resultados favoraveis, ele diz à Cândida que a ama, e que tambmém sofre por nao ter mais Sinhá Moça por perto. Furiosa, Cândida o expulsa do quarto.

Na fazenda do Doutor Fontes, sua esposa tenta fazer com que ele tome café forte para curar-lhe da embriaguez. Ele e seu filho Rodolfo comemoraram o êxito na missão de tirar o capitão do mato do posto de delegado de Araruna. Os dois criaram um documento afirmando ser proibido que analfabetos ocupem cargos do governo.

Juliana descobre verdadeira história de seus pais – Segunda 10/05/10:

Juliana indaga o avô sobre a verdadeira história de seus pais. Augusto diz que seu pai abandonou a sua mãe, que, por sua vez, morreu de tristeza. A moça não segura as lágrimas e chora copiosamente, sendo consolada pelo avô. Augusto pede que ela nunca mais pergunte sobre essa história.

Sinhá Moça procura o Frei para dizer que não está feliz morando com Juliana e Seu Augusto. Ela explica que é ruim viver às custas do senhor e que o amor que Juliana nutre por Rafael a deixa em uma situação incômoda. Segundo a jovem, o que sente não é ciúmes, mas a impressão de que está dividindo o amor do rapaz com a amiga.

Barão negocia liberdade de Dimas – Terça 11/05/10:

Em reunião com abolicionistas no bar de Manoel Ferreira, o Barão de Araruna conversa com Augusto sobre a liberdade de Dimas. Ele aceita que o escravo alforriado saia de sua senzala, contanto que seja transferido para a cadeia da delegacia, assim que o novo delegado assumir o posto. Augusto porém nao gosta da ‘oferta’.

Inez vibra quando Sinhá Moça chega a sua casa, carregando malas. Acompanhada do jovem advogado Rodolfo, a bela moça diz que aceitou o convite do seu grande amor, para se hospedar na casa do Doutor Fontes, até apaziguar suas diferenças com seu pai, o Barão de Araruna.

José Coutinho quer casar com Adelaide – Quarta 12/05/10:

José Coutinho conversa com seu pai durante uma caminhada e fala sobre seu romance com Adelaide. Ele pede que o pai entenda seu amor pela bela escrava, e que está disposto a casar com a jovem, mesmo que a sociedade de Araruna não aprove a união. Na fazenda, Adelaide desabafa com Bá, e diz ter medo de não poder mais ver Coutinho.

Bentinho visita Fulgêncio na senzala da fazenda do Barão de Araruna. O menino diz ao escravo cego que Dimas não é o irmão do quilombo, pois ele mesmo já andou na companhia do misterioso herói. Mesmo assim o escravo não acredita na versão de Bentinho.

Juliana visita Dimas na cadeia – Quinta 13/05/10:

Juliana vai até a delegacia visitar Dimas, que se emociona com a sua presença. Entre lágrimas, ele pede para a moça partir e, em seguida, clama por força para permanecer em seu caminho. O delegado diz para a jovem que seu amado pode ser solto antes do que ela imagina!

Ricardo não esquece sua paixão pela baronesa. Ele diz a Justo que ria até o fim e ainda dará um beijão em sua amada. O escravo, por sua vez, implora que ele esqueça desse amor, já que o Barão não é pessoa com a qual ele deveria comprar tal briga!

Delegado Antero é trancafiado na cadeia – Sexta 14/05/10:

Na cadeia, o delegado diz a Dimas que chegou à conclusão de que ele é o Irmão do Quilombo. Mas, de repente, o Irmão do Quilombo aparece, liberta Dimas e aprisiona o delegado.

Enquanto isso, Sinhá Moça está prestes a voltar para sua casa e, ao se despedir de Rodolfo, diz a ele que não pode viver sem seu amor. O casal se beija, apaixonado.

Sinhá Moça volta para a fazenda de seu pai – Segunda 17/05/10:

O Barão é frio com Sinhá Moça em seu retorno ao lar, deixando-a frustrada. Depois, a sós com a filha, Cândida tenta convencê-la de que, no fundo, seu pai a ama. Em seguida, Cândida conversa a respeito com o marido, que se mantém irredutível.

Manoel descobre que Ricardo está apaixonado por uma mulher casada. É Ana do Véu quem conta a novidade ao pai. Ele fica furioso.

Ricardo sofre por amor – Terça 18/05/10:

Já sem sentimentos por Ana do Véu,  Ricardo agora suspira por Cândida. O jovem desabafa com a mãe, e diz que sofre por amar Baronesa, e saber que não é correspondido. Inês repreende o rapaz e pede que ele esqueça a bela mulher do Barão de Araruna, para não se meter em mais problemas.

Escondido na casa paroquial de Frei José, Dimas recebe a visita de Juliana que fica aliviada ao ver que o jornalista está bem. Ela pede que Dimas volte para a casa de seu avô, mas ele conta que irá embora de Araruna. Atordoada com a notícia, Juliana pede que o rapaz a deixe ir embora com ele.

Coutinho vai comprar Adelaide – Quarta 19/05/10:

O jovem José Coutinho recebe uma visita inesperada enquanto está no bar de Manoel Ferreira: o coronel Ferreira. O temido Barão diz ao advogado que está sabendo do seu envolvimento amoroso com Adelaide, sua escrava, e que está disposto a vendê-la, caso lhe interesse. Coutinho vibra com a notícia e diz que arrumará os recursos necessários para comprá-la do Barão de Araruna, e assim finalmente casarem. 

Prestes a ir embora da cidade de Araruna,  Dimas resolve desabafar tudo de uma vez com o Frei José, que o abrigou na casa paroquial.  Ele afirma que não concorda com a política da igreja, de se sujeitar as ordens do Barão, mas que mesmo assim confia em Frei José, e gostaria de confessar seus pecados com o religioso antes de partir. O frei se surpreende com a revelação.

Barão está curioso com passado de Bastião – Quinta 20/05/10:

O Barão de Araruna está curioso em relação ao passado do jovem negro Bastião. Ele chama o empregado em seu escritório e pergunta sobre suas origens. Para sua surpresa o rapaz lhe responde que não sabe de onde veio, nem quem é sua mãe.

Sinhá Moça está radiante por reatar seu romance com Rodolfo. Feliz com o romance, ela compartilha com a escrava Adelaide sua felicidade. A mucama por sua vez, também conta sobre seu romance com José Coutinho para sua sinhaninha.

Justino não se conforma em perder Adelaide – Sexta 21/05/10:

José Coutinho vai ao bar de Manoel Ferreira e os dois conversam sobre o dilema do jovem, que não tem dinheiro para comprar Adelaide do Barão de Araruna. O problema maior de Coutinho é o valor que o Barão pede: 3 contos de réis, considerado uma fortuna para a maioria dos moradores da cidade. Compadecido com a situação do rapaz, Manoel Ferreira enche seu copo por conta da casa.

Enquanto seu amado luta para angariar fundos para consumarem seu romance e finalmente casarem, Adelaide passeia pelos campos da fazenda do Barão. Em sua espreita está Justino, que a surpreende com um abraço. Assustada, ela tenta fugir, mas o escravo a agarra e diz que ele será o primeiro homem na vida dela. Os dois caem no chão, e Justino tenta violentá-la, quando Sinhá Moça chega e expulsa o rapaz. As duas se abraçam e choram.

Sinhá Moça quer comprar Adelaide para Coutinho –  Segunda 24/05/10:

Parece que bons ventos podem soprar para José Coutinho. Compadecida pela situação do rapaz que não consegue dinheiro para comprar sua amada Adelaide, Sinhá Moça decide ajudá-lo e para isso decide falar com Cândida, sua mãe, para lhe dar dinheiro. A jovem pede que sua mãe venda uma de suas jóias, para que José Coutinho pague os 3 contos de réis que o Barão de Araruna quer para lhe entregar a bela escrava.

Enquanto isso, Rodolfo se preocupa com seu irmão Ricardo. O delegado está a sua procura, a pedido de Coutinho, que ao saber que o jovem abrigou seus ex-escravos em sua fazenda, decide pegá-los de volta, mesmo já os tendo alforriado. Mas Rodolfo tranquiliza seu irmão, e garante que o ‘irmão do quilombo’ poderá soltá-los de novo se for preciso.

Barão vende Adelaide para Coutinho…o pai – Terça 25/05/10:

Coronel Fontes chama Sinhá Moça e Cândida para contar a novidade. Em conversa com Seu Coutinho, ele decidiu vender a escrava Adelaide para o pai de José Coutinho. Surpreso com a reação negativa de sua filha e de sua esposa, o Barão explica que fez isso apenas para que pai e filho consigam se entender.

Sem saber das boas novas, Rodolfo visita José Coutinho na casa paroquial e espera animar o rapaz com uma possível solução para seu romance com Adelaide. O advogado explica ao rapaz que o irmão do quilombo poderá roubar Adelaide da fazenda do Barão, para que desta forma José Coutinho se case com a jovem sem gastar um só centavo. O rapaz se anima com a ideia e decide escutar o plano de Rodolfo.

Nina cai em tentação – Quarta 26/05/10:

Nina está intrigada com o livro de Ana do Véu. Querendo saber mais sobre o conteúdo picante do livro da filha, Nina vai ao quarto de Ana e folheia o livro, quando é surpreendida por seu marido, o comerciante Manoel Ferreira. Ela disfarça e fala sobre os problemas da filha.

Em conversa com Fulgêncio, Bentinho revela mais um plano do irmão do quilombo. Ele diz que os escravos de Seu Coutinho queimaram as cartas de alforria a pedido do misterioso mascarado, e por isso voltaram à senzala de Coutinho. Falando no escravocrata, Bentinho confirma a venda de Adelaide para Coutinho, e Fulgêncio teme a reação de Justino quando souber da notícia.

José Coutinho se casa com Adelaide – Quinta 27/05/10:

O irmão do quilombo cumpre o prometido e vai à fazenda do Barão de Araruna, para libertar Adelaide. Mas ao buscar a escrava, ele vai ao quarto de Sinhá Moça e retira sua máscara, revelando sua verdadeira identidade para a jovem. Ela se surpreende ao ver que o misterioso mascarado é na verdade seu grande amor: Rodolfo.

Após a noite da fuga, Adelaide se encontra com José Coutinho e eles resolvem apressar a alforria da bela escrava, concretizando o casamento. O casal vai à igreja de Araruna, acompanhados de Rodolfo, Sinhá Moça e Doutor Fontes e Inês, como testemunhas, e se casam em cerimônia ministrada pro Frei José.

Coutinho invade casa de Fontes – Sexta 28/05/10:

Embriagado, Seu Coutinho invade a casa de doutor Fontes para tentar levar Adelaide à força para sua casa. ele discute com o filho que diz que Adelaide não é mais escrava, pois está casada com ele e com isso foi alforriada. Mas Coutinho não lhe dá ouvidos e tenta arrastar a jovem pela casa, quando é contido por Ricardo e Rodolfo que carregam o escravocrata para fora da casa.

Fulgêncio pede a Bentinho que o leve de volta para a senzala da fazenda do Barão. Ele quer ficar perto de seu irmão, Justino, e lá lhe conta que Adelaide se casou com José Coutinho. O escravo se desespera e chorando, pede que o irmão o mate.

Dr. José é avisado da fuga dos escravos – Segunda 31/05/10:

Dr. José fica preocupado ao saber que os escravos de seu pai fugiram. Adelaide também se preocupa com a notícia de que o Irmão do Quilombo aprontou essa com o Sr. Coutinho.

Enquanto isso, Cândida repreende Sinhá Moça. Ela diz que o amor de Adelaide e José não irá segurar o casamento e que a filha não deveria ter se metido na fuga da escrava do Sr. Coutinho.

Veja os Capitulos do mês de Junho de 2010

Deixe uma resposta

inMarket