Vereador busca posição da Casan sobre investimentos em Canoinhas

Na última terça-feira vereador Juliano Seleme (PMN) esteve em Florianópolis, acompanhado do prefeito Leoberto Weinert, em audiência com o presidente da Casan, Walmor de Lucca. O objetivo da viagem foi buscar informações sobre os investimentos da Casan em Canoinhas. “A gestão compartilhada da Casan com o município de Canoinhas foi assinada em julho de 2004 e até agora não tínhamos nenhuma notícia dos investimentos que deveriam ter sido realizados para melhorar o abastecimento de água da comunidade”, afirmou o vereador.

“Na verdade queríamos um posição da Casan em relação a estes investimentos, não podemos mais esperar por promessas, precisamos de um cronograma, de uma data limite para que estes investimentos sejam realizados”, afirmou. E foi isso que conseguiram junto ao presidente da Casan.

Walmor de Lucca apresentou para o vereador e para o prefeito, as etapas previstas de investimento na rede de água e esgoto da Casan, em Canoinhas. A 1ª etapa prevê investimentos da ordem de $ 1,1 milhão na rede de captação de água e $ 2,76 milhões na rede de esgoto. Já a 2ª etapa prevê investimento de $ 118 mil na rede de captação de água e $ 1,61 milhão na rede de esgoto. De acordo com o vereador, o presidente da Casan, informou que para a realização da primeira etapa, deverá se feito levantamento de engenharia que deve estar concluído até dezembro de 2005. “Assim as obras de saneamento devem começar no início do próximo ano”. Já as obras de instalação de mais 23 mil metros de tubulação, que deve aumentar rede de distribuição de água, otimizando o fornecimento das partes altas da cidade devem começar ainda neste ano.

“Era isso que precisávamos saber, vamos aguardar então o prazo estipulado pela Casan para o início das obras. Agora, pelo menos temos uma data limite para que os investimentos aconteçam e podemos dar uma posição para a comunidade”, afirma o vereador.

Diante das informações fornecidas pela diretoria da Casan, será assinado um novo convênio elaborado pela prefeitura municipal, onde constará o cronograma de investimentos previstos e com base neste documento iremos cobrar e fiscalizar os prazos” , afirma o vereador.

Conselho Municipal de Saneamento Ambiental

O vereador também informou que o prefeito Leoberto Weinert anunciou que o Conselho Municipal de Saneamento Ambiental será instalado em breve. “Já foram tomadas as providências. O Conselho terá a incumbência de definir as ações de investimento e aplicação dos recursos captados durante a gestão compartilhada da Casan e município. A Casan arrecada em média R$ 600 mil por ano em Canoinhas. Na gestão compartilhada, esta arrecadação é dividida entre Casan e Município. Os 50% do município são depositados em um fundo que servirá para financiar investimentos de melhoria da rede de captação de água e saneamento em Canoinhas.

Fonte: ASCOM

Deixe uma resposta

inMarket