Vereadores de Canoinhas discutem atendimento oncológico

Durante a sessão de terça-feira, 28, o vereador Beto Passos utilizou a tribuna da Câmara de Vereadores de Canoinhas, com a intenção de promover um debate que visa discutir sobre as consultas dos pacientes com oncologia.

Em sua fala o vereador Passos lembrou que a Associação dos Pacientes Oncológicos de Canoinhas (Apoca), não se fez presente em uma reunião organizada pela Gerência Regional de Saúde (Gersa) da SDR de Canoinhas, e relatou ainda, que conforme a Gersa “a Apoca não faz parte do sistema, e por esse motivo não foi convidada a participar da reunião”, comentou o vereador.

Conforme um ofício encaminhado pela Gersa ao presidente, em exercício, do poder legislativo municipal, Célio Galeski, a reunião do 9 de setembro de 2010, foi para tratar de um “termo de ajuste de conduta entre o prestador da referência em Oncologia Hospital São Braz de Porto União e os municípios a ele referenciados”, o prestador de serviço ao qual o ofício se refere é o médico Marcos Sussembach, atualmente médico da Apoca.

Ao longo do ofício encaminhado pela Gersa, é comentado que “em nenhum momento nesta reunião foi mencionado que estaríamos impedindo o Dr. Marcos Sussembach de trabalhar, prejudicando desta forma a Apoca”, consta no ofício.
Conforme o vereador Beto Passos mesmo dizendo na ata da reunião, que foi encaminhada em anexo ao ofício, que Sussembach não foi impedido de trabalhar, o vereador questionou. “Aqui no papel da ata não diz que ele estava sendo proibido de fazer alguns procedimentos, que inclusive vão desde uma biopsia, uma ressonância e outros procedimentos que ele estava sendo cerceado, através da Apoca, de fazer”.

Passos ainda complementa lembrando que algumas pessoas, inclusive auditores da Secretaria de Estado da Saúde foram até a Apoca e relataram que Sussembach poderia não mais fazer atendimento. O Vereador lembrou que na Apoca “se alvoroçaram porque o Dr. Marcos Sussembach poderia deixar de atender”.
Em seu pronunciamento o presidente casa, em exercício, Célio Galeski, comentou que se deve buscar uma solução rápida para um problema sério como esse. E ainda lembrou dos problemas que o hospital Santa Cruz enfrentou. “O hospital Santa Cruz está doente, ou melhor alguns médicos trouxeram a doença ao hospital” e completou “e mais uma vez esses mesmo médicos querem atrapalhar a comunidade”, finalizou Galeski.

O vereador João Grein parabenizou a Apoca, bem como seus organizadores. “Quero parabenizar os organizadores da Apoca que estão interagindo com o governo, tanto com o poder legislativo como com o executivo” comentou Grein.
Em seu pronunciamento o Vereador Alexey Sachweh lembrou que após 11 anos de estudo em medicina, Sussembach retornou para sua terra. “Com uma bagagem que nem um outro médico tem nessa cidade, e isso eu falo com a boca cheia, porque ele é o único medico oncologista desse município. E o nosso município esta fechando as portas para esse médico”, completou o vereador.

O plenário da Câmara estava lotado com inúmeras pessoas da Apoca, bem como sua diretoria, além de pacientes e da comunidade em geral.

Carlos Eduardo Vipievski – Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Canoinhas.
Site: www.canoinhas.sc.gov.br

Deixe uma resposta

inMarket